PORTALEUCLIDENSE: Irará: Soldado Ubiratan Borges foi sepultado sob forte emoção . Veja o vídeo

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Irará: Soldado Ubiratan Borges foi sepultado sob forte emoção . Veja o vídeo

Na tarde desta terça-feira (27), na cidade de Irará-Ba, foi realizado o sepultamento do soldado Ubiratan dos Santos Borges, 33 anos de idade, que morreu por volta das 3h20 da madrugada desta terça-feira, no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana. Onde estava internado desde o último sábado (24) após ter sido baleado pelo policial rodoviário federal Hamilton Safira Andrade Segundo, durante uma discussão em um estabelecimento comercial em Euclides da Cunha. Hamilton também foi baleado pelo policial e morreu no mesmo dia a caminho do HGCA. Ambos foram socorridos inicialmente para o Hospital Municipal de Euclides da Cunha e em seguida transferidos para o hospital de Feira de Santana.

Veja o vídeo



O sepultamento foi realizado sob grande comoção, muitos amigos e companheiros de farda marcaram presença para o último adeus ao jovem Ubiratan. Companheiros da cidade de Euclides da Cunha, onde trabalhava Ubiratan se fizeram presentes, vários oficiais a exemplo do Coronel Adelmário, comandante do CPRL sediado na cidade de Feira de Santana, Tenente Coronel Josenilton, Capitão Hamilton, comandante da 97ª CIPM de Irará, Tenente Leandro, vários majores, capitães, tenentes, sargentos cabos e soldados da ativa e reserva fizeram questão de prestarem suas últimas homenagens ao jovem Ubiratan, que deixou a namorada grávida, não tendo a oportunidade de ver o seu filho nascer.

Familaires estavam desolados, a mãe Rita Borges não parava de chorar, o pai Raildo e os irmãos Renato e Priscila, bastante tristes acompanhavam todas as homenagens feitas a Ubiratan, com os olhos lacrimejando. Momento emocionante foi quando os companheiros de "Bira" como era carinhosamente conhecido pela família e amigos, se reuniram em volta do caixão e de mãos dadas rezaram o pai e nosso e a ave maria. Muitas lágrimas na saída do corpo do velório Vilas Boa, onde estava sendo velado com destino ao cemitério de Irará.

Quebrando todas as regras, os amigos e companheiros de caserna fizeram questão de levar o caixão nas mãos pelas ruas da cidade até o cemitério, onde foi sepultado já por volta da 17 horas, sob forte emoção e aplausos. Um grande numero de pessoas acompanharam o cortejo até o cemitério.

blogdetavares.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário