PORTALEUCLIDENSE: Ex-namorado de dançarina confessa: ‘Fiquei com ela morta dois dias’

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Ex-namorado de dançarina confessa: ‘Fiquei com ela morta dois dias’

O suspeito de matar a dançarina e ex-namorada Ana Carolina Vieira, 30 anos, se despediu dos amigos no Facebook antes de ser preso. “Deus tenha misericórdia das nossas almas. Adeus a todos”, publicou Anderson Rodrigues Leitão, 27, na tarde de quarta-feira, dia 4, na página dele.
O corpo da cearense Ana Carolina, que chegou a dançar com a banda Aviões do Forró, foi achado em casa na manhã de quarta-feira, dia 4, em São Paulo. Ana Carolina também foi participante do concurso “Bailarina do Faustão”.

Anderson confessou à polícia que matou Ana Carolina por ciúmes. Ele disse que a matou por estrangulamento e depois tomou veneno de rato para tentar se suicidar. O rapaz, formado em administração, vai responder por homicídio e ocultação de cadáver.

“Estrangulei com minhas próprias mãos. Comprei chumbinho, veneno de rato, porque eu queria morrer abraçado com ela. Fiquei com ela morta dois dias”, disse Anderson ao G1. Ele lembrou que os dois tiveram uma briga na segunda-feira. “Ela foi pra cozinha e disse pra eu não mexer no celular dela. Eu mexi e vi umas fotos, umas mensagens de WhatsApp e não gostei. Fiquei com ciúme”, diz.

Ana Carolina reclamou da atitude de Anderson. “Ela disse que eu era muito invasivo e começamos a discutir. Ela em arranhou e, como sou mais forte, inverti a situação. A gente estava na cama. Ela morreu estrangulada. Tentei reanimar, mas não tinha mais jeito”.

Depois disso, ele narrou que comprou o chumbinho e ficou dois dias no apartamento com o corpo de Ana Carolina, “esperando o veneno fazer efeito”. Os vizinhos da dançarina começaram a sentir o cheiro forte que vinha da casa. Anderson afirmou que o porteiro chegou a interfonar para repassar reclamações sobre o mau cheiro e ele colocou incenso na casa na tentativa de disfarçar o odor.

Eventualmente, contudo, zeladores foram até o apartamento. Eles tocaram a campainha, mas ninguém abriu. Depois, ao notar a porta destrancada, entraram e acabaram achando o corpo. As janelas estavam fechadas, o ventilador ligado e vários incensos espalhados pela casa.

Um dos zeladores disse à polícia que o ex-namorado da dançarina saiu do prédio na manhã de hoje. Os dois tinham terminado o namoro há pouco tempo. Embora tenha pedido ao porteiro para não autorizar a entrada de Anderson no prédio, na segunda-feira ela permitiu que ele subisse depois de muita insistência do suspeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário