PORTALEUCLIDENSE: MP-BA pede explicações ao Governo sobre suposto patrocínio ao Carnaval do Rio

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

MP-BA pede explicações ao Governo sobre suposto patrocínio ao Carnaval do Rio

Segundo Rui Costa, o estado não patrocinou o carnaval da agremiação carioca

O Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio do Grupo de Atuação especial de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa (Gepam), enviou ofício à BahiaTursa solicitando informações oficiais sobre qualquer forma de apoio à escola de samba Estação Primeira de Mangueira, no Carnaval do Rio de Janeiro.
Nesta segunda-feira (16), o governador Rui Costa prestou esclarecimento sobre os boatos – que começaram após integrantes da escola de samba carioca serem flagrados com a marca do Governo da Bahia estampada em suas vestimentas.

“Eles solicitaram e talvez por isso tenham botado a marca porque acreditaram que seria aprovado, mas a mim não chegou para ser submetido a aprovação esse pleito”, disse o petista durante entrega de encostas no bairro de Pau da Lima, em Salvador, nesta segunda-feira (15).

Segundo o governador, o estado não patrocinou o carnaval da agremiação carioca. “Eu só soube que eles tinham solicitado [patrocínio] com a notícia agora através da imprensa. Não foi pago nada e nem será pago nada a título de patrocínio para Mangueira. Embora eu tenha ficado feliz com a Mangueira tendo ganho o prêmio homenageando a Maria Bethânia, mas o estado não faria [patrocínio] até por que eu cortei patrocínios aqui e não faria esse patrocínio lá por mais merecimento que tivesse”, declarou.

Deputados da bancada de oposição na Assembleia Legislativa declararam que é necessário uma investigação sobre o suposto patrocínio. “[Bethânia] É merecedora dessa homenagem e eu fiquei muito feliz, como todo baiano e baiana deve ter ficado, dessa magnifica baiana ser homenageada e ter dado o título depois de 16 anos, me parece, a Mangueira. Mas não foi com patrocínio do estado porque nós não fizemos”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário