PORTALEUCLIDENSE: Bebê de 1 ano é mais quatro pessoas morrem em trágico acidente na BR-324 na região metropolitana de Salvador

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Bebê de 1 ano é mais quatro pessoas morrem em trágico acidente na BR-324 na região metropolitana de Salvador

O corpo de um bebê de um ano e meio foi encontrado entre as vítimas do grave acidente, envolvendo um carro e um caminhão, na madrugada desta quarta-feira (11) na BR-324, na cidade de São Sebastião do Passé, Região Metropolitana de Salvador (RMS).
A criança foi encontrada, por volta das 10h, após a chegada da equipe de Polícia Técnica que fez perícia no local e encontrou o corpo dentro do carro, um Corsa Classic prata, com placa JQI-9939, de Salvador.

Além do bebê, o motorista do carro, de 39 anos, uma mulher de 34 e dois adolescentes de 16 anos também morreram no acidente. Os corpos foram resgatados pela polícia, por volta das 12h, e encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador. Não há informações sobre o enterro das vítimas.

O acidente
A batida aconteceu por volta das 4h, na altura do km 569, entre os viadutos de São Sebastião do Passé e Santo Amaro, no sentido Feira de Santana. Segundo a PRF, o caminhão, com placa JMF-2803 de Simões Filho, estava em uma velocidade menor que o carro no momento da batida.

Todas as vítimas morreram na hora. Segundo a PRF, o motorista do caminhão envolvido no acidente fugiu do local após o acidente. Na batida, o carro onde estava a família ficou preso às ferragens do caminhão. A polícia acredita que o Corsa Classic tenha sido arrastado pelo caminhão até a lateral da pista, onde há uma vegetação.

Os nomes das vítimas não foram divulgados pela PRF, mas dentro do carro foi localizada uma carteira de identificação da Prefeitura de Capim Grosso, em nome de Reinalice de Jesus Sobrinho Oliveira. O CORREIO entrou em contato com a prefeitura do município, que negou que Reinalice seja servidora.

Equipes da PRF e Via Bahia foram encaminhadas ao local, mas o trânsito não foi afetado. Ainda não há informações sobre a causa do acidente.

Correio24H

Nenhum comentário:

Postar um comentário