PORTALEUCLIDENSE: Operação ‘Pombal Livre’ prende três, apreende drogas, munições e motos

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Operação ‘Pombal Livre’ prende três, apreende drogas, munições e motos

Ultimamente, crimes aumentaram assustadoramente e preocupam a população de Ribeira de Pombal

Dando sequência a ‘Operação Pombal Livre’ - que visa combater o tráfico de drogas, furtos, roubos, homicídios, crimes que aumentam assustadoramente e preocupam a população de Ribeira de Pombal, cidade polo regional do Semiárido Nordeste II, apesar de o trabalho e empenho das autoridades policiais e judiciárias, para livrar os pombalenses das ações criminosas lideradas por elementos que pertencem a grupos criminosos que dominam o tráfico na região metropolitana de Salvador e Recôncavo Baiano (Katiara e Caveira), que expandem seus negócios para municípios do Sertão, onde dominam o comércio de drogas (Maconha, Crack, Cocaína), armas e munições, encomendam e executam assassinatos, sendo a maioria das vítimas, jovens envolvidos com o tráfico de drogas - prende três, apreende drogas, munições e motos.


Para obtenção de recursos para comprar drogas e armas, jovens traficantes a serviço dos chefões, - quase todos presos em presídios de Segurança Máxima, mas que seus “braços-direitos” continuam à frente dos negócios ilícitos- os soldados do tráfico praticam crimes hediondos, assaltam, roubam automóvel, motocicleta, bicicleta, estabelecimentos comerciais e residenciais, eliminam concorrentes para dominar o tráfico em determinadas regiões da cidade, do estado, entre outras práticas condenáveis. 


A maioria, sem qualificação profissional e grau de escolaridade muito baixo, analfabetos total ou funcional, dominados pela vaidade pessoal e ostentação, manipulados pela grande mídia formadora de opinião, sem qualquer tipo de censura graças a uma ascendente clientela consumidora de drogas e entorpecentes, pertencente a classes trabalhadoras e às mais abastadas da sociedade, em todos os níveis econômicos e sociais.

Mesmo com os poucos recursos disponíveis, principalmente financeiros e os ouvidos moucos dos políticos e governantes, as autoridades policiais (coordenadores, delegados, agentes) com o apoio do Judiciário (juízes e promotores) têm se esforçados no combate à criminalidade, principalmente em municípios, os mais longínquos, onde a grande mídia não tem lentes e microfones abertas para os problemas e casos vividos pela população, cuja repercussão limita-se tão somente aos veículos de comunicação regionais, e, somente crimes considerados extremos, que podem gerar grande audiência e comoção social são repercutidos.


Nesta terça-feira (14), mais um esforço conjunto das autoridades foi colocado em prática, em Ribeira do Pombal, que culminou com a prisão de Zaqueu Santos de Oliveira, José Gleiton Alves dos Santos e José Orlando Oliveira Gama, todos supostos traficantes pertencentes a organização criminosa Caveira, além de H.L.N., um menor infrator que faz parte da CP/Katiara, considerada pelas autoridades policiais como a mais importante e brutal organização criminosa da Bahia, pelo modo cruel como elimina seus concorrentes, em execuções gravadas em vídeo amplamente divulgados na Internet.

Com os três primeiros infratores foram encontradas 96 pedras de crack, três motocicletas, sendo uma com registro de roubo e duas com os sinais de identificação do veículo adulterados. Na operação, também foram apreendidos 10 cartuchos intactos, sendo 07 de calibre 32, 03 de calibre 380 e 01 de calibre 38, além de 02 pinos de cocaína e uma trouxinha de maconha. 

Coordenada pelo delegado PC Sérgio Fabiano, a Operação Pombal Livre contou com a participação de 12 policiais civis, inclusive 03 delegados, 12 policiais militares, que cumpriram mandados judiciais de prisões e buscas domiciliares em vários pontos da cidade.

*Créditos: Polícia Civil (25ª Coorpin), euclidesdacunha.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário