PORTALEUCLIDENSE: Marcelo Odebrecht confirma pagamento de R$ 10 mi para PMDB a pedido de Temer

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Marcelo Odebrecht confirma pagamento de R$ 10 mi para PMDB a pedido de Temer

O ex-presidente do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, confirmou que tenha pago R$ 10 milhões ao PMDB a pedido do presidente Michel Temer. A informação já tinha revelada pelo ex-executivo da empreiteira Cláudio Melo Filho, durante acordo de delação premiada.
De acordo com o jornal "Folha S. Paulo", Marcelo prestou depoimento de delação premiada na última segunda, 12, e terça, 13. Na ocasião, ele confirmou que houve o jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, com a presença de Temer, na época vice-presidente, e do ministro atual da Casa Civil, Eliseu Padilha. Segundo ele, o pagamento de R$ 10 milhões para a campanha peemedebista foi acordado nesta ocasião.

Marcelo não especificou detalhes sobre a operação para pagamento, conforme foi feito por Melo Filho. Ele teria dito que Padilha pediu que parte do dinheiro fosse entregue no escritório de José Yunes, assessor e amigo de Temer, em São Paulo.

Temer, Padilha e Yunes negam envolvimento no esquema.

Patriarca

O pai de Marcelo, Emílio Odebrecht, também prestou depoimento. Ele esteve na Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, nesta terça. A previsão é que ele fale sobre a relação da empreiteira com os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), além de detalhar informações sobre a construção da Arena Corinthians. 

Segundo Emílio, a obra foi um presente a Lula, que é torcedor do time.

Marcelo também era responsável por tratar com a alta cúpula do Executivo, ou seja, a Presidência da República. Já Cláudio Melo Filho dialogava com o Legislativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário