PORTALEUCLIDENSE: Vereadores de Itiúba aproveitam comoção com tragédia e aumentam os próprios salários em 50%

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Vereadores de Itiúba aproveitam comoção com tragédia e aumentam os próprios salários em 50%

Políticos de todo o país aproveitaram a mobilização nacional pela tragédia envolvendo o time da Chapecoense para colocar em votação pautas amargas para a população. Foi o caso de Itiúba, no interior da Bahia. Lá, vereadores aprovaram aumento de 50% do salário deles próprios, do prefeito, vice-prefeito e secretários.
Com o reajuste, o prefeito passará a ganhar R$ 17.500 no município de somente 50 mil habitantes, enquanto o salário dos vereadores vai para R$ 7 mil. Secretários passam a ganhar R$ 5.500. A aprovação do aumento irá gerar uma despesa de quase R$ 3 milhões para os cofres públicos nos próximos quatro anos.

Os vereadores Derivaldo de Oliveira (Deri) e Emanuel Almeida Neto (Emanuel do Netinho) se ausentaram, enquanto todos os outros votaram a favor do aumento.

O Varela Notícias conseguiu falar com dois vereadores e ambos desligaram a ligação no meio da conversa, incomodados com as perguntas.

O vereador Peixinho (PV) argumentou que o aumento está amparado pela legislação. “Votei a favor. A gente votou em cima do que diz a lei. Nos baseamos na inflação, o reajuste dos salários só acontece de 4 em 4 anos”, disse. Questionado se acha justo em um município pobre, a prefeita ganhar mais de R$ 17 mil, ele respondeu que “não”.

“Vou te ligar depois, porque estou em uma reunião, ligue para o presidente da Câmara. Aí você se informa melhor”, acrescentou em seguida.

Já o vereador Ranulfo, que também votou a favor do aumento, desconversou: “Só falo pessoalmente, não posso dar entrevista por telefone. Estou ocupado agora. Ao vivo a gente dá entrevistas. Por telefone não (não quero falar sobre o assunto)”.

O Secretário de Governo, Wilson Requião, disse que não concorda com o aumento, mas não sabe a opinião do prefeito. Já o prefeito, Silvano Santos Carvalho (PT) não atendeu as ligações.

*As informações são do Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário