PORTALEUCLIDENSE: Há 135 anos, lâmpadas elétricas iluminavam uma via púbica pela primeira vez

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Há 135 anos, lâmpadas elétricas iluminavam uma via púbica pela primeira vez

Em 4 de setembro de 1882, há exatos 135 anos, a Edison Electric Illuminating Company, fundada pelo inventor Thomas Edison, ligou pela primeira vez lâmpadas elétricas em uma via pública.
A primeira rua no mundo a receber iluminação elétrica foi a Wall Street, já conhecida na época como o centro financeiro de Nova York, nos EUA.

No fim do século 19, eletricidade não tinha tantas aplicações práticas para o consumidor final como tem hoje, e a empresa de Thomas Edison foi uma das pioneiras a incentivar a disponibilização dela como serviço em residências.

"Eram seis dínamos a vapor de 27 toneladas cada. Cada um era capaz de gerar 100 quilowatts de eletricidade, o suficiente para acender 1,2 mil lâmpadas da época"

Thomas Edison ao lado de um de seus dínamos Jumbo
Mas antes disso, Edison teve que provar que sua invenção, a lâmpada elétrica, tinha potencial. Em 1881, ele demonstrou sua criação publicamente em Londres. No início de 1882, ele criou a primeira estação elétrica desenvolvida especialmente para prover iluminação pública. Ela tinha seis dínamos a vapor de 27 toneladas cada e que ficaram conhecidos como “Jumbo” em homenagem a um elefante de circo famoso em Nova York. Cada um desses dínamos era capaz de gerar 100 quilowatts de eletricidade, o suficiente para acender 1,2 mil lâmpadas da época.
Antes de começar as operações, entretanto, Edison teve que abrir uma escola para formar técnicos em eletricidade, uma vez que, na época, não havia tantos engenheiros que conheciam a área em que o inventor norte-americano trabalhava. Quando tudo estava pronto, o primeiro teste foi feito às 15h do dia 4 de setembro. Havia uma pequena audiência testemunhando o feito.

Quando terminou o mês, Edison já tinha 59 clientes consumindo iluminação doméstica a partir dos serviços de sua empresa. Ao fim de 1882, ele conseguiu 513. Hoje, os remanescentes da Edison Electric Illuminating Company sobrevivem sob o nome de Con Edison e têm três milhões de clientes nos EUA. Com todos os seus serviços, a companhia atende 10 milhões de pessoas na região de Nova York.

FONTE(S)MONEYWEEK

Nenhum comentário:

Postar um comentário