PORTALEUCLIDENSE: Caminhão que atropelou e matou idoso andou ao menos 50 m em marcha à ré

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Caminhão que atropelou e matou idoso andou ao menos 50 m em marcha à ré

Vídeo mostra que motorista seguiu acelerando mesmo após derrubar senhor de 88 anos no chão. Ele e os ajudantes foram presos.

O motorista do caminhão que atropelou e matou um idoso na manhã deste sábado (6) em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, dirigiu ao menos 50 metros em marcha à ré. Com a morte de Pedro Alves, o motorista Luiz Carlos Wolski, 58 anos, foi indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) na direção de veículo e por omissão de socorro. Também foram presos os ajudantes Eduardo Pena de Souza, Eraldo Batista da Silva Júnior.
VEJA O VÍDEO:
Uma câmera de segurança de uma casa próxima ao local registrou o atropelamento do senhor Pedro Alves, 88 anos. O motorista e os ajudantes que estavam no caminhão foram presos. Segundo a polícia, eles teriam fugido do local sem prestar socorro.


O vídeo mostra o senhor Pedro Alves caminhando pela rua Senador César Vergueiro carregando um carrinho de compras. O caminhão de entregas da empresa Domicili aparece no final da rua vindo em marcha a ré por cerca de 50 metros. O motorista faz a manobra partindo da esquina da rua Américo Lêda com a rua Senador César Vergueiro.

Dentro do veículo estão o motorista e o ajudante. Do lado de fora está outro ajudante, que deveria auxiliar o motorista com a manobra. Nenhum dos três percebe o idoso, que voltava de um supermercado perto de casa.

O pedestre é atingido pelo caminhão e cai no chão. Mesmo após o impacto, o motorista segue dando marcha à ré, passando o veículo por cima do idoso.

Após o atropelamento, dois homens saem do caminhão e observam o corpo de Alves sob o caminhão. O motorista acelera e retira o veículo. De acordo com a polícia, neste momento o motorista e os dois ajudantes saem do local deixando a vítima estirada na rua.

Manobra irregular
O artigo 194 do Código de Trânsito Brasileiro diz que há limite para dirigir dessa maneira. “Transitar em marcha à ré, salvo na distância necessária a pequenas manobras e de forma a não causar riscos à segurança”. A infração é grave e a pena prevista é de multa.

Os homens foram presos pouco tempo depois. Eles foram levados para o 2º DP de São Bernardo do Campo. Os três passaram por audiência de custódia no Fórum de São Bernardo do Campo, mas não foi divulgado se todos permaneceram presos ou se foram libertados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário