PORTALEUCLIDENSE: Mistério: Adolescente baiano fica com rosto deformado após forte dor de cabeça

domingo, 22 de julho de 2018

Mistério: Adolescente baiano fica com rosto deformado após forte dor de cabeça

A Família de um adolescente de 16 anos que mora no município de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia, tenta descobrir o que deixou jovem com o rosto bastante inchado após ele apresentar uma forte dor de cabeça.
Para esclarecer a situação, os parentes contam que estão tendo que fazer uma verdadeira ‘peregrinação’ por hospitais da região. Rodrigo Damascena Santos apresentou um mal estar na última sexta-feira (13).

Os familiares o levaram, primeiro, para o Hospital São Vicente. Na unidade, os parentes disseram que o jovem foi avaliado, mas que os médicos orientaram que ele fosse levado para o Hospital Geral de Vitória da Conquista.


“Eu trouxe ele aqui [para o Hospital São Vicente] para um neuro analisar e ele pediu uma tomografia”, disse a tia de Rodrigo, Valdivia de Sousa.

Quando o jovem chegou ao Hospital Geral, no entanto, a família disse que foi informada que ele não poderia ser atendido por falta de vaga. “Disseram que não havia vaga e que até o corredor já estava lotado”, afirmou a prima de Rodrigo, Lucélia de Lourdes.

Diante disso, a família informou que retornou com o jovem para o Hospital São Vicente e que teve de ficar por um longo tempo à espera de atendimento. Enquanto aguardava, deitado em uma maca no corredor da unidade médica, Rodrigo teve duas convulsões, segundo a mãe.

“Ele falou assim: ‘Mãe, eu estou morrendo de dor’. E eu falei: ‘Meu Deus’. Ele começou a tremer e eu fui chamar um médico. Um rapaz ficou com ele e eu fui chamar o médico. Depois, o médico veio e perguntou o que ele tinha, mas eu disse que não sabia”, contou a mãe do jovem, Maria de Lourdes.

Rodrigo permaneceu na unidade de saúde até a manhã desta quinta-feira (19), quando foi novamente encaminhado para o Hospital Geral de Vitória da Conquista. Ele está na emergência da unidade, e a família ainda aguarda resultados dos exames para saber o que ele tem. “Meu coração está partido por ver meu filho nessa situação”, desabafou a mãe.

A reportagem não conseguiu contato com o Hospital São Vicente e nem com o Hospital Geral de Vitória da Conquista, para saber sobre a situação de Rodrigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário