PORTALEUCLIDENSE: Santinhos de candidatos a presidência com números trocados circulam na web

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Santinhos de candidatos a presidência com números trocados circulam na web

Os candidatos mais atingidos com os santinhos falsos é Jair Bolsonaro (PSL) e o não mais candidato, Lula (PT)

Além das já tradicionais fake news que surgem no período eleitoral, os eleitores devem ficar duplamente atentos, isso porque as chamadas notícias falsas inovaram e agora contam com ‘santinhos’ com número dos candidatos trocados. 
Estas imagens estão sendo compartilhadas em grupos de Whatsapp e nas redes sociais, com o intuito de confundir ou até mesmo enganar o leitor sobre o número de seu candidato.


Segundo informações do Jornal Extra, os políticos mais atingidos com os santinhos falsos são Jair Bolsonaro (PSL) e, o não mais candidato, Lula (PT), que teve sua candidatura impugnada após ser enquadrado na Lei da Ficha Suja. No entanto é possível também achar imagens com números trocados de outros candidatos como Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede) e até Guilherme Boulos (PSOL). A troca de números mais comum tem acontecido entre os candidatos do PT e do PSL.

O Ministério Público Eleitoral (MPE), se pronunciou sobre o assunto e divulgou uma nota afirmando que até o momento não há procedimentos em andamento sobre casos de números alterados em santinhos virtuais. Ainda segundo o MPE, o cidadão que identificar qualquer irregularidade pode fazer denúncias pelo site: www.mpf.mp.br/para-o-cidadao/sac.


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) assegura que “denúncia de peças de propaganda eleitoral abusivas ou que induzam ao erro devem ser trazidas à jurisdição da Justiça Eleitoral por meio do Ministério Público Eleitoral, candidatos, partidos ou coligações”. Ainda de acordo com o tribunal, os órgãos citados são os responsáveis por levar os casos ao conhecimento do judiciário.

Confira os números corretos dos candidatos abaixo:

Álvaro Dias (Podemos) – 19

Cabo Daciolo (Patriota) – 51

Ciro Gomes (PDT) – 12

Fernando Haddad (PT) – 13

José Maria Eymael (DC) – 27

Geraldo Alckmin (PSDB) – 45

Guilherme Boulos (PSOL) – 50

Henrique Meirelles (MDB) – 15

Jair Bolsonaro (PSL) – 17

João Amoêdo (Novo) – 30

João Goulart Filho (PPL) – 54

Marina Silva (Rede) – 18

Vera Lúcia (PSTU) – 16

Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário