PORTALEUCLIDENSE.: Vigilante morre após esperar mais de 10 dias da ‘fila da regulação’ do Estado

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Vigilante morre após esperar mais de 10 dias da ‘fila da regulação’ do Estado

Vigilante sofreu um acidente de moto, teve traumatismo e estava aguardando uma vaga em um hospital avançado

Foi sepultado na manhã desta quarta-feira, 26, no Cemitério Municipal São José, em Euclides da Cunha, o corpo do vigilante Emerson Araújo de Jesus, mais conhecido como Tinho, que morreu 10 dias após um acidente de motocicleta na zona rural.
Tinho estava internado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Euclides da Cunha deste do dia 15 de dezembro após cair de sua motocicleta na estrada que liga a cidade de Euclides da Cunha ao distrito de Ruylândia, onde trabalhava como vigilante noturno. Segundo informações, ele teve traumatismo craniano no momento da queda, foi encaminhado para o Hospital Português/ACM, em Euclides da Cunha, onde recebeu o primeiro atendimento médico e foi transferido para a UPA - que tem mais aparelhos para tratamento intensivo, para aguardar uma vaga em uma das unidades de saúde que contenha equipamentos avançados e equipe médica especializada, capaz de cuidar de ferimentos graves. Dez dias se passaram, mas o paciente não conseguiu uma vaga por meio da ‘regulação’ do Estado.

Nas redes sociais, alguns comunicadores até fizeram uma campanha envolvendo seus seguidores para chamar a atenção do Estado, mas nada adiantou.

O vigilante, tinha 22 anos de idade, era casado e morava na fazenda Gavião, em Euclides da Cunha, onde seu corpo foi velado pelos familiares neste Dia de Natal até a manhã desta quarta-feira.

EUCLIDESDACUNHA.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário