Depois de Euclides da Cunha e Macururé, Cipe Nordeste erradica milhares de pés de maconha em Canudos

As operações ocorreram nos últimos trinta dias

A missão de combater a produção e o tráfico de drogas na Bahia continua de forma intensa, na região Nordeste do Estado é uma prova disso e de modo especial pode se perceber na área de responsabilidade da Companhia Independente de Policiamento Especializado – CIPE Nordeste que a cada dia mostra produtividade com apreensão de armas, prisão de suspeitos, drogas sendo transportadas em veículos e nos últimos 30 dias erradicou centenas de milhares de pés de maconha.
Ontem (16) exatamente 30 dias após a guarnição da Cipe Nordeste ter erradicado uma das maiores plantações de maconha na Fazenda Rivera, região do Povoado de Olhos D’água, em Euclides da Cunha, a Especializada apreendeu no vizinho município de Canudos cerca de 40 mil pés de maconha numa operação conjunta com a CIPE Caatinga, diante do recebimento de denúncia anônima, acerca de uma plantação de maconha no Distrito de Bendegó.


De acordo com o comando da Cipe NE, após rondas, foram descobertos no Sítio do Tomaz, localizado no distrito de Bendegó, a 35 km de Euclides da Cunha, além dos pés de maconha, mais 70 kg da referida droga, pronta para comercialização.


Ainda segundo o comando, durante a incursão dos policiais militares, traficantes que lá estavam, ao perceberem a aproximação da guarnição, evadiram numa Fiat Strada placa JSZ 4701. No local do plantio, foram encontrados vários acampamentos que eram utilizados pelos traficantes, durante o cultivo e preparação da droga.


Vale lembrar que neste espaço de tempo erradicamos outra grande quantidade no município de Macururé na quarta-feira dia 14. Essa é a nossa missão de combater o trafico de drogas, mas é preciso que a população também continue colaborando com denuncias anonimas”, disse o comandante da Cipe Nordeste.

CN | Informações Cipe Nordeste

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.