Letreiro com nome de Bolsonaro é retirado de escola militar no Piauí

Presidente do Sesc-PI disse que tomou medida por não ter autorização de Jair Bolsonaro para a homenagem.
O letreiro da Escola Militar do Sesc, que homenagearia o presidente Jair Bolsonaro, foi retirado. A escola será inaugurada hoje (14), em Parnaíba (PI).

Valdeci Cavalcante, presidente estadual do Sesc, informou que o letreiro foi retirado porque Bolsonaro não autorizou o uso de seu nome na escola e Valdeci considerou “deselegante” manter o nome sem autorização. Caso haja autorização do presidente, o letreiro será recolocado.

A decisão de homenagear Jair Bolsonaro no nome da unidade de ensino causou polêmica. Um advogado chegou a pedir à Justiça Federal no Piauí que barrasse a concessão do nome do presidente à escola. Ontem (13), o juiz José Gutemberg de Barros Filho negou o pedido de liminar (decisão provisória), pois entendeu que não há impedimento legal, uma vez que o prédio não é público.

As informações são do G1.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.