Segredo: novo Chevrolet Onix será lançado logo depois do HB20, mas só sedã


GM apresentará configuração três-volumes de sua nova família de compactos no final de setembro, mas deixará a nova geração do hatch para o fim do ano
Setembro, definitivamente, será o mês mais importante da indústria automotiva brasileira em 2019. A nova geração do Toyota Corolla e a reestilização profunda do Hyundai HB20 seriam suficientes para garantir tal classificação.

Mas será também quando teremos outra novidade muito importante: a chegada do Chevrolet Onix Sedan, que virá para ser posicionado entre o atual Prisma Joy e o novo Cruze, roubando gradualmente o espaço do Cobalt.


QUATRO RODAS apurou que a GM lançará o três-volumes compacto no final de setembro. Antes, na metade do mês, realizará um amplo treinamento com concessionários, além de prévias com a imprensa especializada.

A chegada ao mercado ocorrerá, conforme já dito, na parte final do mês, e apenas na carroceria sedã. A nova geração do Onix hatch, muito provavelmente a ser denominada Onix Plus, ficará para o final do ano – isso se não ocorrer no começo de 2020.

Por quê? Porque a fabricante quer ingressar rapidamente no segmento de sedãs premium atualmente liderado pelo VW Virtus, e no qual o Cobalt já não tem mais fôlego para competir.

E como o Onix Sedan possui um nome inédito, apresentá-lo antes não comprometerá tanto as vendas do Prisma.


No caso do hatch, não há por que se apressar, visto que o atual Onix sustenta vantagem de mais de 100% no ranking nacional de vendas frente ao vice-líder. Vale lembrar que, quando o Onix Plus chegar, conviverá com o atual Onix Joy.

Tanto o compacto de dois quanto o de três volumes serão oferecidos com motores 1.0 de três cilindros e 12 válvulas da família CSS Prime, naturalmente aspirados ou sobrealimentados com turbo.

Na China, a opção turbinada rende 125 cv com gasolina, potência que deve ser ligeiramente incrementada com a adaptação para ser flexível entre o uso do derivado do petróleo e do etanol.

Já o 1.0 naturalmente aspirado terá pico na faixa dos 80 (e alguns) cv quando abastecido com o combustível vegetal.

Ambos devem ser vendidos em conjunto com câmbio manual de seis marchas, com opção automática (também com seis marchas) para o 1.0 turbo.

A dupla também marcará a estreia da plataforma modular GEM, construída em parceria com a fabricante chinesa Saic. Nossa reportagem, inclusive, já apontou quais devem ser as versões dos dois modelos. Confira:

Chevrolet Onix Plus 2020
-LS 1.0 aspirado flex
-LS 1.0 turbo flex
-LT 1.0 aspirado flex
-LT 1.0 turbo flex
-Premier 1.0 turbo flex
-RS 1.0 turbo flex

Chevrolet Onix Sedan 2020
-LS 1.0 turbo flex (voltada a frotistas)
-LT 1.0 aspirado flex
-LT 1.0 turbo flex
-Premier 1.0 turbo flex

QUATRORODAS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.