Balanço: pelo menos 80 casas foram interditadas em Coronel João Sá

Prefeitura está ajudando na limpeza de residencias que oferecem condições para o retorno dos moradores
Duas mil e oitenta pessoas desalojadas, 320 famílias desabrigadas, pelo menos 80 residencias interditadas pela Defesa Civil, são os números da consequência do rompimento da barragem da comunidade de Quati que fica no Município de Pedro Alexandre no Nordeste da Bahia, mas que atingiu em cheio a cidade de Coronel João Sá na última quinta-feira.

O Calila Noticias manteve contato com Audiceia dos Santos Dias, secretária interina da Secretaria de Desenvolvimento Social de Coronel João Sá, informou que atualmente 600 pessoas desabrigadas ocupando as escolas como abrigo, são famílias que perderam tudo com a inundação, “enquanto outras famílias que não tiveram maiores danos nas suas casas, a prefeitura está realizando a limpeza e relocando os moradores e oferecendo cestas básicas e mantimentos dos donativos”, disse a secretária.

A expectativa é que uma ação do Governo do Estado da Bahia possa em tempo breve solucionar o problema das pessoas desabrigadas, principalmente depois que o governador Rui Costa esteve na cidade e conheceu de perto a situação.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.