PF vai investigar suposta venda do mandato de Jean Wyllys para marido de Glenn Greenwald

A Polícia Federal (PF) vai investigar a suposta venda de mandato parlamentar de Jean Wyllys (Psol-RJ), informa o site O Antagonista. Em janeiro, o então deputado reeleito renunciou ao mandato e deixou o país alegando ser vítima de ameaças de morte.
Em seu lugar, assumiu o posto David Miranda (Psol-RJ), marido de Glenn Greenwald, jornalista responsável pelo vazamento de supostas mensagens entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol, ocorridas durante a Operação Lava Jato.

O pedido de investigação por suposta venda de mandato parlamentar de Jean Wyllys foi feito pelo deputado José Medeiros (Pode-RN). Segundo informações do site O Antagonista, o parlamentar disse que “tais fatos não parecem coincidência”. No mesmo documento, Medeiros pede também uma verificação de possíveis transferências de dinheiro de Greenwald para Jean Wyllys.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.