Portal Euclidense: Cerca de 700 investigações travam após decisão de Toffoli sobre Coaf

INICIO

26/10/2019

Cerca de 700 investigações travam após decisão de Toffoli sobre Coaf



Ao menos 700 investigações e processos judiciais foram paralisados desde que o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, mandou suspender casos criminais baseados em informações de órgãos de controle como a Receita Federal e o antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras). 
Os dados são da Procuradoria-Geral da República e foram divulgados pelo jornal Folha de São Paulo. A medida travou principalmente as apurações sobre crimes contra a ordem tributária (307), como sonegação, e as relativas à lavagem de ativos obtidos ilicitamente (151), inclusive em esquemas de corrupção. 

Além disso, 23 apurações de improbidade administrativa foram sustadas por conter informações dos órgãos sob questionamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário