Ex-assessor e planilha implicam ministro e Bolsonaro em caixa 2 do PSL

[Ex-assessor e planilha implicam ministro e Bolsonaro em caixa 2 do PSL]

Um depoimento dado à Polícia Federal e uma planilha apreendida dão a entender que houve caixa dois nas campanhas do presidente Jair Bolsonaro e do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, obtido por meio do esquema de candidatas laranjas do PSL em Minas Gerais.

O assessor parlamentar do ministro à época, Haissander Souza de Paula, afirmou à PF que "acha que parte dos valores depositados para as campanhas femininas, na verdade, foi usada para pagar material de campanha de Marcelo Álvaro Antônio e de Jair Bolsonaro".
Já uma planilha, nomeada como "MarceloAlvaro.xlsx", faz referência à doação de material eleitoral para a campanha de Bolsonaro com a expressão "out", o que significa, na compreensão de investigadores, pagamento "por fora".
Na última sexta-feira (4), o ministro foi indiciado pela Polícia Federal e denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais, acusado dos crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa, com penas de cinco, seis e três anos de cadeia, respectivamente.
Ele negou todos os fatos. Já o Planalto não comentou a respeito das acusações imputadas a Jair Bolsonaro.
Tecnologia do Blogger.