Vereador detona lojas Americanas e acusa empresa de violar direitos

[Vereador detona lojas Americanas e acusa empresa de violar direitos]

vereador de Salvador Maurício Trindade (DEM) está revoltado com o tratamento que as lojas Americanas tem dado a seus clientes. Nesta quarta-feira (2), ele esteve em uma das unidades da rede para comprar um cartão de jogo online para seu filho.

De acordo com o demista, a empresa não deu a nota fiscal da compra e, somente quando chegou em casa, ele foi informado pelo filho que o produto estava com defeito. Imediatamente, ele voltou à loja e solicitou a troca, o que foi negado pelos funcionários.
“Falei com o gerente e ele mandou entrar na Justiça. Isso é um absurdo! Na mesma hora em que eu estava reclamando, havia outras três pessoas com queixas similares. O que eles fazem é um desrespeito completo com os seus consumidores. Eu vou no órgão de defesa do consumidor pedir o ressarcimento e, possivelmente, danos morais. Mas e quem não tem tempo e não pode perder um dia de trabalho para dar queixa? Fica no prejuízo, com o produto com defeito e sem o dinheiro que pagou”, reclamou Trindade. 
Ele acredita que aquela prática seja comum nas lojas Americanas, o que pode ter 'gerado lucro para a empresa, já que não está dando nota fiscal a todos os consumidores e se aproveita do dia a dia atribulado dos consumidores para ficar com o dinheiro, mesmo vendendo produtos com defeito'.

Tecnologia do Blogger.