Portal Euclidense: Cartão-postal de Salvador, monumento feito por Mário Cravo Júnior é destruído por incêndio

INICIO

domingo, 22 de dezembro de 2019

Cartão-postal de Salvador, monumento feito por Mário Cravo Júnior é destruído por incêndio

'Fonte da Rampa do Mercado' ou 'Monumento à Cidade de Salvador' foi construído na década de 1970 e ficava na Praça Cayru, em frente ao Elevador Lacerda.

A ‘Fonte da Rampa do Mercado’ ou ‘Monumento à Cidade de Salvador’, como é conhecida uma das mais emblemáticas obras do artista baiano Mário Cravo Júnior, foi destruída por um incêndio na tarde deste sábado (21).
Localizada na Praça Cayru, entre o Elevador Lacerda e a Baía de Todos-os-Santos, no bairro do Comércio, a escultura era uma das mais conhecidas do artista e um dos principais cartões-postais da capital baiana. A obra foi construída na década de 1970 e era formada por fibra de vidro.
Após o incêndio, restaram apenas as estruturas de metal que sustentavam a fibra. Todo o resto foi consumido pelo fogo. Ainda não se sabe o que provocou o incêndio.
O prefeito de Salvador ACM Neto publicou um vídeo em rede social e prometeu apurar as causas do incêndio e reconstruir o monumento.
Vídeos feitos por pessoas que passavam no local mostram a intensidade das chamas. Além do fogo alto, muita fumaça se formou no local.
O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia esteve na praça onde fica o monumento, mas, segundo testemunhas, o fogo apagou antes mesmo da ação, depois de destruir a fibra.
A área ao redor do monumento está em manutenção, e, por isso, estava fechada com tapumes. Quando os bombeiros militares chegaram no local, parte do material foi removido para permitir a aproximação.
Em nota, a Prefeitura de Salvador lamentou o caso e informou que vai reconstruir o monumento, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), que é ligada à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).
Segundo o comunicado, o projeto original da obra será usado para a reconstrução. O material será doado pela família de Mário Cravo Júnior para a Prefeitura.
Na nota, a Prefeitura informou ainda que está à disposição dos bombeiros e da polícia para auxiliar nas investigações sobre as causas do incêndio.
Além de ser enviado para a imprensa, o teor do comunicado foi publicado nas redes sociais pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).
Mário Cravo Júnior morreu em Salvador aos 95 anos, no dia 1º de agosto de 2018, em decorrência de falência múltipla dos órgãos, após uma pneumonia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário