Bombas atingem base americana no Iraque e deixam feridos


Base é a mesma atacada por iranianos na última quarta-feira (8). Pelo menos 4 militares iraquianos ficaram feridos no bombardeio, segundo Reuters

Bombas atingiram a base militar de Balad, no Iraque, neste domingo (12). Fontes iraquianas dizem que sete foguetes foram lançados, enquanto fontes americanas falam em 8.
No bombardeio de hoje, pelo menos 4 soldados iraquianos ficaram feridos, segundo a Reuters.
As fontes militares disseram que os foguetes caíram na pista dentro da base, localizada a 80 km ao norte de Badgá.
Uma fonte do Comando de Operações de Saladino, que pediu anonimato, disse à Agência Efe que os feridos foram levados para um hospital e confirmou que as vítimas eram cidadãos iraquianos.
Localizada ao norte de Bagdá, Al Balad é uma das maiores bases aéreas do país árabe e possui um arsenal de caças F16 que o Iraque adquiriu dos Estados Unidos, além de receber tropas americanas.
No entanto, fontes de segurança disseram à Efe que pelo menos parte das forças estrangeiras posicionadas ali teria deixado a base após os recentes ataques cruzados entre Washington e Teerã no território iraquiano.
'Todas as bases americanas são alvos'
Mais cedo, o líder do Hezbollah, Hassam Nasrallah, disse que "todas as bases americanas são alvos" durante discurso exibido na televisão.
"Eu tenho que certeza de que os conselheiros (de Trump) disseram a ele que se você ataca o Irã eles vão atacar todas as bases na região... Nós não somos capazes de proteger elas", disse.
O líder também disse que o presidente americano "mentiu ao povo" sobre o Irã e Soleimani, comandante das Forças Revolucinárias Iranianas morto pelos EUA, terem planejado atacar embaixadas americanas.
Na quarta-feira (8), outra base americana no Iraque, a base de al-Asad foi atacada, e Nasrallah diz que o ataque foi um "tapa, não a resposta" do Irã pelo assassinato de Soleimani, a quem ele elogiou.
Ainda não se sabe quem é o responsável pelos ataques a base de Balad e nenhum grupo ou país assumiu a autoria.
Imagens de satélite mostram danos em base dos EUA atacada pelo Irã

Imagens feitas por satélite mostram danos significativos em edifícios da base aérea AlAsad no Iraque, que abriga tropas americanas e foi <a href="https://noticias.r7.com/internacional/foguetes-atingem-bases-aereas-dos-eua-no-iraque-08012020"><b>atacada na noite de terça-feira (7) pelo Irã</b></a>, no que os analistas dizem que poderiam ser hangares e locais em que equipamentos eram guardados<br>Leia também:&nbsp;<a href="https://noticias.r7.com/internacional/trump-diz-que-ira-recuou-e-cobra-novo-acordo-nuclear-com-o-pais-08012020"><b>Trump diz que Irã recuou e cobra novo acordo nuclear com o país</b></a>
Planet via Reuters - 25.12.2019

Imagens feitas por satélite mostram danos significativos em edifícios da base aérea AlAsad no Iraque, que abriga tropas americanas e foi atacada na noite de terça-feira (7) pelo Irã, no que os analistas dizem que poderiam ser hangares e locais em que equipamentos eram guardados

Nas fotografias, tiradas pela empresa americana Planet e fornecidas pelo Instituto de Estudos Internacionais de Middlebury (Monterey, Califórnia), pode-se ver que pelo menos cinco instalações foram danificadas pelo ataque à base, localizada na província iraquiana de Al Anbar, no oeste do país. Até o momento, o Pentágono ainda não publicou imagens próprias
Planet / Middlebury Institute / EFE - 8.1.2020

Nas fotografias, tiradas pela empresa americana Planet e fornecidas pelo Instituto de Estudos Internacionais de Middlebury (Monterey, Califórnia), pode-se ver que pelo menos cinco instalações foram danificadas pelo ataque à base, localizada na província iraquiana de Al Anbar, no oeste do país. Até o momento, o Pentágono ainda não publicou imagens próprias

O especialista David Schmerler, do Instituto de Estudos Internacionais de Middlebury, disse à emissora pública de rádio dos EUA "NPR" que os edifícios afetados pelo ataque parecem ter sido usados para armazenar aviões<br><br>Leia também:&nbsp;<a href="https://noticias.r7.com/internacional/video-mostra-momento-em-que-foguetes-atingem-base-dos-eua-08012020">Vídeo mostra momento em que foguetes atingem base dos EUA</a>
Planet via Reuters - 8.1.2020

O especialista David Schmerler, do Instituto de Estudos Internacionais de Middlebury, disse à emissora pública de rádio dos EUA "NPR" que os edifícios afetados pelo ataque parecem ter sido usados para armazenar aviões

Leia também: Vídeo mostra momento em que foguetes atingem base dos EUA

"Há outras estruturas na área de base que seriam exclusivas das pessoas, por isso eles (iranianos) podem ter tentado atingir locais com equipamentos em vez de pessoas", afirmou o especialista
Planet via Reuters - 8.1.2020

"Há outras estruturas na área de base que seriam exclusivas das pessoas, por isso eles (iranianos) podem ter tentado atingir locais com equipamentos em vez de pessoas", afirmou o especialista

Em discurso à nação hoje, o presidente americano, Donald Trump, disse que não houve fatalidades e que os danos materiais foram mínimos nos ataques com mísseis balísticos a duas bases em território iraquiano<br><br>Leia também: <a href="https://noticias.r7.com/internacional/dois-foguetes-explodem-perto-da-embaixada-dos-eua-em-bagda-08012020"><b>Dois foguetes explodem perto da embaixada dos EUA em Bagdá</b></a><br>
Planet via Reuters - 8.1.2020

Em discurso à nação hoje, o presidente americano, Donald Trump, disse que não houve fatalidades e que os danos materiais foram mínimos nos ataques com mísseis balísticos a duas bases em território iraquiano

Leia também: Dois foguetes explodem perto da embaixada dos EUA em Bagdá

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.