Portal Euclidense: Ciclone subtropical provoca ventos de até 87 km/h no litoral da Bahia

INICIO

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Ciclone subtropical provoca ventos de até 87 km/h no litoral da Bahia


A passagem de um ciclone no litoral da Bahia vai aumentar o índice de ventos fortes consideravelmente, a Marinha do Brasil emitiu um alerta na noite da última terça-feira (21). A previsão, de acordo com o comando militar é que a partir desta quinta-feira (23), o fenômeno pode apresentar características subtropicais, quando poderá ser classificado como Depressão Subtropical. 

A formação do ciclone está associada ao estabelecimento de uma zona de convergência sobre uma região em que a temperatura da superfície do mar está sendo observada entre 26ºC e 27ºC. Caso a intensidade dos ventos observados alcance ou supere 63 km/h (34 nós), o fenômeno será reclassificado como Tempestade Subtropical “Kurumí”, expressão em tupi-guarani que significa “menino”.

A provável área de formação do ciclone subtropical será em alto-mar, entre o Norte do estado do Rio de Janeiro e o Sul do estado do Espírito Santo, com deslocamento inicialmente para Sul, afetando as condições de tempo e mar entre os estados de Santa Catarina e Bahia, a partir de quinta-feira pela manhã.

São esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 87 km/h (47 nós) em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia, ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. Também são esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 61 km/h (33 nós) em alto-mar, no estado da Bahia, entre as cidades de Caravelas (BA) e Ilhéus (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25.  

Os ventos poderão ocasionar agitação marítima resultando em ondas de direção  de Nordeste a Norte e altura entre 3,0 e 4,0 metros em alto-mar, entre o estado do Rio de Janeiro, ao Norte de Arraial do Cabo (RJ) e o estado da Bahia, ao Sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário