Portal Euclidense: Sobe para 182 número de casos de suspeita de novo coronavírus no Brasil

INICIO

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Sobe para 182 número de casos de suspeita de novo coronavírus no Brasil


No mundo, já foram registrados cerca de 83 mil infecções, com 2.800 mortos


Subiu para 182 o número de casos de suspeita do novo coronavírus no país, aponta balanço do Ministério da Saúde. Na quinta (27), eram 132 suspeitas em investigação.
O Brasil ainda tem apenas um caso confirmado da doença, de um um homem de 61 anos de São Paulo. Ele esteve na Itália, um dos países com mais casos.
A OMS (Organização Mundial da Saúde) elevou nesta sexta-feira (28) para "muito alta" a avaliação de risco para o novo coronavírus a nível global. A mudança ocorre após aumento de casos confirmados fora da China.
Até o momento, foram registrados cerca de 83 mil casos do Covid-19 no mundo, com 2.800 mortes. A maioria dos casos ocorreu na China.
Fora da China, há cerca de 4.000 casos em 49 países e 67 mortes, segundo a OMS.
"Ontem foi o primeiro dia que tivemos mais casos na Coreia do Sul do que na China. Vemos ampliação significativa da dispersão do número de casos", diz o secretário de vigilância em saúde do ministério, Wanderson Oliveira. Ele lembra que a taxa de letalidade até o momento é de 3,5%.
Segundo o ministério, o aumento progressivo no número de casos suspeitos no Brasil se deve à mudança nos critérios usados para análise de possíveis casos na rede de saúde nos últimos dias.
Para definir os casos de suspeita de infecção no Brasil, o Ministério da Saúde adota como critério o registro de febre e outros sintomas respiratórios somado ao histórico de viagens, em até 14 dias antes, a países que registram mais de cinco transmissões locais.
Ao todo, 16 países estão nessa lista. São eles: Austrália, China, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Filipinas, Japão, Malásia, Vietnã, Singapura, Tailândia, Itália, Alemanha, França, Irã e Emirados Árabes.
Os casos de suspeita de Covid-19 em investigação no Brasil estão distribuídos em 16 estados.
Destes, 66 estão em São Paulo, 27 no Rio Grande do Sul, 19 no Rio de Janeiro e 17 em Minas Gerais, estados com maior número de registros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário