Após críticas de Eduardo Bolsonaro à China, Maia tenta amenizar os ânimos; veja


presidente da Câmaras dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), não ficou nada feliz com o comportamento de Eduardo Bolsonaro (sem partido) nas redes sociais, proferindo ofensas à China. Após revide do embaixador Wanming Yang ao deputado, Maia usou as redes sociais, na noite desta quarta-feira (18), para se desculpar em nome de toda a Casa.

“A atitude não condiz com a importância da parceria estratégica Brasil-China e com os ritos da diplomacia. Em nome de meus colegas, reitero os laços de fraternidade entre nossos dois países. Torço para que, em breve, possamos sair da atual crise ainda mais fortes”, escreveu.
Veja:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.