Portal Euclidense: Deputado da base acusa Rui de ser agressivo ao ameaçar processar igrejas que não respeitarem decreto

INICIO

quarta-feira, 18 de março de 2020

Deputado da base acusa Rui de ser agressivo ao ameaçar processar igrejas que não respeitarem decreto


deputado estadual Samuel Júnior (PDT), da base de apoio do governador Rui Costa (PT) na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), acusou o gestor de ter sido agressivo contra a comunidade evangélica. O parlamentar estadual, no Plenário da Casa Legislativa, gravou um vídeo para fazer suas reclamações. 
Rui, ao citar o exemplo das suspensões de cultos pelo recente decreto que veda aglomerações com mais de 50 pessoas, ponutou que processará criminalmente pastores ou entidades religiosas que mantenham as atividades. A declaração foi dada durante uma live nas redes sociais do governador. A medida vale para Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro e Prado. 
“O governador foi muito agressivo quando disse que moveria uma ação criminal como se os pastores fossem alguns criminosos. Sei que não era a intenção, mas essa colocação de Rui Costa nos ofendeu bastante. As igrejas evangélicas são as maiores parceiras que o estado tem. Conseguimos chegar onde o poder público não chega. Descemos em locais de difícil acesso, comunidades muitas vezes até tomadas pelo tráfico de drogas mas que têm grande respeito pelo segmento evangélico”, afirmou o pedetista. 
Representante da igreja Assembleia de Deus, organização presente nos 417 municípios da Bahia, Samuel Junior colocou a estrutura física dos templos religiosos à disposição do poder público caso as Secretarias de Saúde necessitem montar algum ponto de apoio para assistência aos infectados.
“Em qualquer dos nossos templos, em qualquer parte da Bahia, nossas igrejas estão à disposição como prova de que somos parceiros do estado e gostaríamos muito de continuar contribuindo”, destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário