Moradores do Residencial Minha Casa Minha Vida em Euclides da Cunha pedem socorro.


Os moradores do residencial Sao Bartolomeu lll, nas casinhas em Euclides da Cunha pedem socorro às autoridades depois de terem suas casas invadidas pelas águas das chuvas decorrentes de um trabalho mal feito por uma empresa de construção civil num condomínio que faz divisa com as casinhas. 



Alguns moradores já perderam moveis, eletrodomésticos pelas enxurradas que invadiram suas residências. Outros tiveram seus muros derrubados pelo acúmulo de água que fica represado dentro dos quintais. Na parte que hoje é a área destinado ao condomínio existia um tanque, onde acumulava essas águas decorrentes das chuvas. 



Feito o aterramento da area pela empresa, as águas não tem mais esse local para desaguar indo parar no entorno do muro, com isso passam por debaixo do alicerce e vão parar dentro das casas, causando estragos e prejuízos aos moradores. No local nao existe uma placa identificando de quem é área nem a empresa responsável pela construção do muro.



Os moradores estão assustados, pois estamos próximos do período de chuvas na região, e com isso se agravará muito a situação deles. 



A Associação do Residencial Minha Casa Minha Vida na pessoa da sua presidente Gilvanda Cabral, está orientando e dando suporte jurídico aos moradores que se sentirem prejudicados pela situação. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.