Portal Euclidense: Últimas notícias de coronavírus de 21 de março

INICIO

sábado, 21 de março de 2020

Últimas notícias de coronavírus de 21 de março


Itália bate recorde de 793 mortos nas últimas 24 horas. São Paulo decreta quarentena obrigatória até 7 de abril e número de mortes sobe para 15.


Ao menos 11,4 mil pessoas morreram por complicações da Covid-19 em todo o mundo. Um levantamento da universidade norte-americana Johns Hopkins apontou que na manhã de sábado (21), mais de 275 mil pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus.
Itália registrou 793 mortos nas últimas 24 horasnovo recorde do país. Lugar mais afetado pelo Covid-19 no país, a Lombardia registrou outras 546 mortes no mesmo período. Número total de mortos vai a 4.825 em um mês no país.
Nos EUA, ordens de isolamento afetam cerca de 75 milhões de americanos, isso representa 1 a cada 5 habitantes do país. Mais de 21,2 mil pessoas foram diagnosticadas com Covid-19 no país e ao menos 267 morreram.
Mike Pence, vice-presidente do Estados Unidos, e a esposa farão teste para ver se estão com coronavírus, depois de um integrante do gabinete ser diagnosticado. Trump anunciou que o setor privado vai começar a produzir álcool 70º em coletiva.
Em Nova York são mais de 10 mil casos confirmados, de acordo com o governador Andrew Cuomo, que havia liberado apenas o deslocamento dos trabalhadores de setores essenciais da economia.
As autoridades chinesas anunciaram que, pelo terceiro dia consecutivo, não foram registrados casos locais de transmissão da Covid-19. O país enfrenta agora novas infecções por coronavírus originadas no exterior.

Últimas notícias desde sábado:

  • Mais 324 mortos na Espanha nas últimas 24 horas
  • Singapura confirma as duas primeiras mortes por Covid-19
  • Alemanha tem aumento de 20% nos casos
  • Angola confirma primeiros casos e número de contagiados na Tailândia chega a 400
  • Paquistão e Vietnã suspendem voos internacionais
  • Número de mortes em Portugal dobra
As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 12h do sábado, mil casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil em 25 estados e no Distrito Federal. São 18 mortes no Brasil, três no Rio de Janeiro e 15 em São Paulo.
O terceiro óbito por coronavírus no Rio de Janeiro foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde. Morador de Petrópolis e idoso, o homem fazia parte do grupo de risco para a Covid-19.Os dois primeiros óbitos no estado foram registrados esta semana em Miguel Pereira (1) e Niterói (1).
A prefeitura do Rio anunciou que vai pedir ajuda do Exército para abordar pessoas que estiverem na rua sem necessidade.
Em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) decretou quarentena obrigatória até o dia 7 de abril na tentativa de conter o avanço do vírus. Medida restringe o funcionamento do comércio, mantendo em funcionamento apenas serviços essenciais como os de saúde. São 396 casos confirmados no estado, além do aumento no número de mortes de nove para 15.

Coronavírus: quais os sintomas e quando devo procurar um médico?

Pelo mundo

Singapura confirmou as duas primeiras mortes no país provocadas pelo novo coronavírus. Segundo o Ministério da Saúde, as vítimas eram uma mulher singapurense de 75 anos e um homem indonésio de 64. Ambos tinham problemas de saúde anteriores.
Na Alemanha, os casos aumentaram 20% nas últimas 24 horas. Foram registrados 2.705 novos casos no país, elevando o total de contaminados para 16.662 pessoas, de acordo com o Instituto Robert Koch. Ao todo, são 47 mortes, as últimas 16 também recentes.

Erfurt, na Alemanha, com as ruas desertas — Foto: Jens Meyer/AP Photo
Erfurt, na Alemanha, com as ruas desertas — Foto: Jens Meyer/AP Photo
Na Tailândia, o número de infectados passou de 400. Por enquanto, uma morte foi registrada. Nesta manhã, 89 novos casos foram registrados pelo governo. Destes, 32 são de pessoas que estiveram em um mesmo evento de boxe. Na capital Bangkok, os shopping foram fechados.
Já Angola confirmou os dois primeiros casos de Covid-19. O continente africano tem mais de 520 casos, a maioria no Egito e na África do Sul.
O número de mortes na Escócia aumentou para sete. Ao todo, já são 373 infectados pelo novo coronavírus. O número de casos aumentou em 51 nas últimas 24 horas.
O governo da Hungria está tentando estender indefinidamente o estado de emergência no país, podendo governar por decreto e introduzir sentenças como a prisão de até cinco anos para os que espalharem informações falsas sobre a pandemia. O argumento é de as medidas são necessárias caso um grande número de deputados fique doente e o parlamento não possa funcionar.
Paquistão e Vietnã decidiram suspender os voos internacionais. De acordo com as autoridades de aviação civil paquistanesas, os voos estão suspensos por duas semanas, com exceção do transporte de carga e aeronaves diplomáticas.
O Vietnã não deu prazo para a medida restritiva. De acordo com o jornal estatal Chinhphu, a entrada a todos os estrangeiros será negada a partir deste domingo.

Solidariedade nas telas

Séries de televisão sobre médicos dos Estados Unidos, como Grey's Anatomy, doaram máscaras de proteção, roupas, luvas e outros suprimentos a funcionários de hospitais norte-americanos. Os produtores desses programas estão esvaziando seus estoques para suprir a escassez de materiais por conta da rápida disseminação da Covid-19, que ameaça sobrecarregar os hospitais.

Espanha e Portugal

Terceiro país com mais infectados no mundo, atrás apenas de China e Itália, a Espanha tem sofrido com a superlotação de seus hospitais. Em Madri, as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) estão operando, em sua maioria, com o dobro da capacidade. São quase 700 pessoas nestes leitos pela cidade.
Nas últimas 24 horas, foram registradas 324 mortes, totalizando 1.326 vítimas fatais da doença no país. Atualmente, são 24.926 contaminados. Um aumento de 25% nas últimas horas.

Em Pamplona, norte da Espanha, guardas só permitem a saída de pessoas autorizadas com documentação — Foto: Alvaro Barrientos/AP Photo
Em Pamplona, norte da Espanha, guardas só permitem a saída de pessoas autorizadas com documentação — Foto: Alvaro Barrientos/AP Photo
Enquanto isso, o governo espanhol organiza o retorno de mais de quatro mil cidadãos. Quase mil deles nas Filipinas, Peru e Equador. Outros 35 mil que estão nos Estados Unidos, Brasil, México, Cuba, Costa Rica e Tailândia foram notificados para que voltem imediatamente ao território espanhol.
Em Portugal, o número de mortes dobrou nas últimas 24 horas, passando de seis para 12. Mais 260 casos de Covid-19 foram confirmados, de acordo com a direção geral de saúde portuguesa. Ao todo, são 1.280 pessoas contaminadas. Portugal declarou estado de emergência por 15 dias na última quarta-feira.

Papa reza pelo mundo


Papa Francisco celebrou missa na capela de Santa Marta, como parte de medidas de precaução contra a propagação do novo coronavírus — Foto: Vatican Media/ AFP/Arquivo
Papa Francisco celebrou missa na capela de Santa Marta, como parte de medidas de precaução contra a propagação do novo coronavírus — Foto: Vatican Media/ AFP/Arquivo
O Papa Francisco rezou por todas as pessoas que estão em quarentena no mundo. Em cerimônia transmitida pela internet, direto da capela de Santa Marta, dirigiu seus pensamentos às famílias. O líder máximo da Igreja Católica falou em "vencer as angústias" e pediu pela paz de todos os que estão isolados em suas casas.
Por G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário