Vídeos: Corpos de vítimas do coronavírus passam dias nas ruas e em casas; urubus sobrevoam em hospital


Presidente do Equador precisou formar uma força-tarefa para enterrar todos os mortos

Por conta do excesso de vítimas do novo coronavírus, cadáveres dos infectados estão sendo deixados por horas ou até mesmo por dias pelas ruas e residências dos moradores da cidade de Guayaquil, no Equador, um dos países que registra maior número de mortes e casos confirmados por Covid-19.
Diversos vídeos e fotos mostram os corpos sendo deixados em calçadas ou dentro de residências. Além disso, o forte odor pela grande quantidade de cadáveres em um hospital causou a aglomeração de urubus sobrevoando na região.
Os sistemas de saúde e funerário do Equador entraram em colapso, fazendo com que o serviço de médicos legistas e de funerárias não atendessem com rapidez os casos de mortes. Por conta disso, o presidente do país, Lenín Moreno, formou uma força-tarefa para tentar enterrar todos os mortos.
Segundo o site France Press, na quarta-feira (31), cerca de 150 cadáveres, que estavam dentro de várias casas, foram removidos, porém, as autoridades não confirmaram quantos deles eram vítimas do novo coronavírus.
Cerca de 70% dos casos da Covid-19 estão em Guayaquil, na província de Guayas. Desde 29 de fevereiro, foram registradas 98 vítimas fatais e 2.758 pessoas infectadas.


O sistema de saúde do Equador colapsou, a situação deles é muito desahumana. Eu tô muito triste e o medo disso acontecer aqui não é pequeno. Fiquem em casa, FIQUEM EM CASA. #EcuadorEnEmergencia pic.twitter.com/WtLWlNETw2

— ká,, mundinho babu santana br (@whoseok) April 2, 2020

Parece que é mais sério do que pensávamos…

Se o Equador está desse jeito, quanto tempo falta para o Brasil ficar assim? É triste a situação que se passa lá, corpos nas ruas sendo queimados, jogados ao ar livre. Espero que isso não nos alcance. #EcuadorEnEmergencia pic.twitter.com/hjvPDfqrDe

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.