Secretário de Saúde do RJ é exonerado após escândalo de fraudes na compra de respiradores


secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, foi exonerado neste domingo (17), segundo a CNN Brasil. A situação dele teria ficado insustentável após surgirem diversas denúncias de fraudes na aquisição de respiradores durante a pandemia de coronavírus. 

O ex-subsecretário estadual de Saúde Gabriell Neves e outras três pessoas foram presas a pedido do Ministério Público no último dia 7. Além disso, a Polícia Federal deflagrou, esta semana, a operação Favorito, na qual mais suspeitos de participação nas fraudes em licitações na Saúde foram presos.
“Apoio as investigações que estão sendo realizadas pelos órgãos de controle e que estão identificando irregularidades. É inadmissível que pessoas queiram cometer ilícitos, principalmente neste momento de pandemia e de luta pela vida de milhões de pessoas", disse o governador Wilson Witzel (PSC) na última quinta-feira (14).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.