COMO O USO DE APARELHOS ELETRÔNICOS PODE PREJUDICAR SEU SONO?

Eletrônicos prejudicam o sono

Antes de dormir, você costuma mexer no celular para dar uma última checada nas redes sociais? Saiba que esse hábito da vida moderna é extremamente prejudicial ao sono. Isso porque, dessa forma não conseguimos nos desligar dos compromissos nem quando vamos dormir, o que acaba comprometendo o tempo correto de descanso que o corpo exige.

Nos dias de hoje, parece impossível realizar as atividades do dia a dia sem utilizar um computador, tablet ou smartphone. Quando utilizados com consciência, eles oferecem praticidade às nossas atividades cotidianas. Mas, quando são utilizados em excesso, podem trazer danos, principalmente, ao nosso precioso sono. Leia este post e descubra de que forma os dispositivos eletrônicos interferem no seu sono. Confira também dicas para que consiga dormir bem!

Veja também: Fases do sono: conheça a importância de cada uma delas

APARELHOS ELETRÔNICOS ATRAPALHAM O SONO?

A combinação sono e aparelhos eletrônicos, como celular, tablet e notebook, é extremamente perigosa. A luz emitida pelas telas dos dispositivos bloqueia a liberação da melatonina – que é o hormônio responsável por avisar ao corpo que está na hora de dormir. Isso afeta diretamente nosso relógio biológico e a percepção do cérebro do que é noite ou dia, prejudicando na qualidade do sono, uma vez que você não recebe todo o descanso que precisa.

Quando o contato com os eletrônicos acontece com a luz do quarto apagada, os danos ao sono são ainda maiores, pois, neste caso, a pupila fica dilatada, e os olhos ainda mais expostos à incidência da claridade proveniente das telas.

Um outro ponto importante que justifica o prejuízo gerado pelos dispositivos eletrônicos na qualidade do sono é quanto ao conteúdos visualizados, pois eles estimulam o psicológico e fazem com que interesses diversos surjam e o sono fique de lado. Assim, as pessoas sentem dificuldade de se “desligar” e conseguir dormir.

O PREJUÍZO É COMPROVADO CIENTIFICAMENTE

Segundo um estudo da Universidade de Harvard, o hormônio da melatonina é produzido pelo corpo quando estamos em um ambiente escuro e nos causa a sonolência. Quando utilizamos algum aparelho eletrônico à noite, o nosso corpo se engana com a luz e, assim, passamos mais tempo acordados.

Como o nosso corpo é diretamente influenciado pela luz e por influências externas, durma em um quarto escuro, silencioso e calmo. Assim é mais fácil adormecer e ter um sono tranquilo.

CONFIRA 6 DICAS PARA DORMIR BEM

  1. Escuridão total: assim como citamos acima, apagar todas as lâmpadas do quarto – inclusive as luzinhas de todos os equipamentos do ambiente – é fundamental para um sono tranquilo;
  2. Silêncio absoluto: evite dormir ouvindo música ou assistindo televisão;
  3. Chá antes de dormir: chás de maracujá, camomila e erva cidreira são excelentes para relaxar o corpo e a mente antes de dormir;
  4. Óleos no quarto: borrife no travesseiro óleos essenciais (lavanda e camomila, por exemplo), pois estimulam o sono;
  5. Exercícios de respiração: inspire o ar pelo nariz e solte pela boca três vezes seguidas;
  6. Fique longe dos aparelhos eletrônicos: como já explicamos, o uso de eletrônicos faz com que a mente trabalhe, ao invés de se preparar para descansar. Evite o uso pelo menos 30 minutos antes de deitar-se.

CONHEÇA A CPAPS!

Aqui no blog da CPAPS, você encontra as melhores dicas para dormir bem. Separamos outros conteúdos que podem te interessar. Confira abaixo:

Sonolência depois do almoço: como evitar?

Polissonografia: o exame que vai melhorar seu sono

5 dicas para acabar com o sono no trabalho

Fonte: Eduardo Partata – fisioterapeuta – CREFITO – 3/121685-F

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.