Portal Euclidense: Roberto Jefferson é 1 dos hóspedes despejados do Hotel Nacional, em Brasília

INICIO

quinta-feira, 25 de junho de 2020

Roberto Jefferson é 1 dos hóspedes despejados do Hotel Nacional, em Brasília

Ex-deputado disse que morava há 15 anos no Hotel Nacional

O ex-deputado e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, foi despejado junto a outros hóspedes nesta 4ª feira (24.jun.2020) do Hotel Nacional, em Brasília.

Jefferson morava no local há 15 anos. Disse ter sido surpreendido. No fim da manhã, oficiais de Justiça e a Polícia Militar determinaram a desocupação. O imóvel foi leiloado em 2018 por R$ 93 milhões. Os antigos donos, entretanto, recusavam-se a desocupá-lo.

Segundo a oficial de Justiça Mara Helena, que cumpriu a ordem de despejo, os administradores do estabelecimento sabiam que teriam de liberar o prédio nesta 4ª feira (24.jun).

O imóvel foi a arremate para quitar dívidas da empresa Petroforte, antiga distribuidora de combustíveis que faliu. O prédio foi vendido por R$ 93 milhões para a empresa Incorp.

Roberto Jefferson é conhecido pelo escândalo do mensalão do PT, do qual foi delator. Teve o mandato cassado na Câmara como consequência. Passou a defender o governo do presidente Jair Bolsonaro recentemente.

Outro hóspede que precisou se despedir do prédio foi o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP). Desde o início do ano, ocupava 1 dos apartamentos do 1º andar do hotel.

Hotel Nacional

O Hotel Nacional de Brasília foi inaugurado em 1961, quando a capital tinha apenas 1 ano. Já hospedou nomes conhecidos mundialmente, como o ex-presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan e a rainha Elizabeth 2ª.

O imóvel possui 347 apartamentos e está localizado no centro da capital federal, no Setor Hoteleiro Sul.

Embora tenha sido arrematado pelo valor de R$ 93 milhões, é avaliado em R$ 185 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário