Portal Euclidense: DENÚNCIA: EMPRESA FANTASMA ESTÁ GASTANDO R$ 1,3 MILHÃO DA COVID-19, EM EUCLIDES DA CUNHA.

INICIO

domingo, 12 de julho de 2020

DENÚNCIA: EMPRESA FANTASMA ESTÁ GASTANDO R$ 1,3 MILHÃO DA COVID-19, EM EUCLIDES DA CUNHA.


Depois do escândalo da compra de quase meio milhão de máscaras em Catolé do Rocha Paraíba, denunciada pelo Deputado Federal José Nunes Soares, dessa vez a prefeitura de Euclides da Cunha escolheu Teofilandia para mais uma contratação suspeita!

O município de Euclides da Cunha/BA realizou uma contratação emergencial com uma empresa de Teofilândia/BA no valor de R$ 1.374.564,53 para reformar um antigo Hotel do Estado da Bahia conhecido como “Hotel do Conselheiro” e adequá-lo como Centro de isolamento para enfrentamento do Coronavírus. 

O processo de dispensa de licitação nº 042/2020 assinado pelo Prefeito Luciano Pinheiro chamou a atenção dos cidadãos euclidenses por cinco motivos: 1) o valor milionário do contrato; 2) a empresa escolhida ser de Teofilândia/BA e não uma das empresas que existem em Euclides da Cunha/BA; 3) o prazo para entrega da obra ser de 90 dias, momento em que espera-se a diminuição dos casos de COVID-19 com a chegada da Primavera e Verão; 4) o Hotel do Conselheiro ser um bem do Estado da Bahia e não do Município de Euclides da Cunha/BA; 5) o fato do Município poder alugar um hotel imediatamente gastando algo entorno de 10% do valor do contrato com a empresa de Teofilândia/BA.

Em razão de suspeitas acerca desse contrato milionário, os Vereadores do Município de Euclides da Cunha/BA João Alves da Silva e Valdemir Dias Carneiro deslocaram-se para o Município de Teofilândia/BA para conhecerem essa empresa e verificar se a mesma tinha capacidade técnica para realizar a obra que o município contratou, porém, para a surpresa dos vereadores, a empresa contratada não existe no endereço informado nos documentos apresentados no ato da contratação. Diante dessa constatação, os vereadores denunciaram num veículo de comunicação denominado “TV Euclides” uma dispensa de licitação assinada pelo prefeito para a contratação de uma empresa que não existe no endereço informado, tida pelos vereadores como uma empresa fantasma em razão de ter apresentado endereço falso.

Enquanto que a população euclidense sofre com os problemas decorrentes do Coronavírus, a prefeitura de Euclides da Cunha continua a desdenhar da sua população que tanto precisa!

A denúncia é gravíssima e precisa ser apurada pelos órgãos competentes, pois envolve recursos públicos destinados ao combate da COVID-19.



Colaboração: TV Euclides / Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário