FLAMENGO JÁ SABE QUAIS AS INTENÇÕES DO BENFICA POR JORGE JESUS


O Benfica continua a pressionar, de forma intensa, para ter Jorge Jesus. Luís Filipe Vieira, presidente das águias, lidera pessoalmente o processo de escolha do sucessor de Bruno Lage e mantém o treinador português de 65 anos como opção número um para o cargo.

O líder encarnado está ciente da dificuldade que semelhante objetivo acarreta e nesse sentido mandatou Bruno Macedo, agente próximo de Jorge Jesus, para tentar aquilo que à partida parecia impossível de conseguir. A Direção do Flamengo está a par das intenções de Vieira, mas até agora nenhuma negociação oficial foi aberta. Na realidade nem precisa, tendo em conta que caso Jesus diga sim ao Benfica, as águias apenas terão de indemnizar o Flamengo sobre o valor do contrato do técnico.  

A notícia de que Bruno Macedo, homem que trabalhou na contratação de Jesus para o Flamengo e que mais recentemente tratou da renovação do treinador, foi um dos temas do dia para a Imprensa do Rio de Janeiro. Os ecos da pressão benfiquista não demoraram a fazer-se sentir e diversos meios e jornalistas próximos do Flamengo procuraram reações ao longo do dia. O site UOL, por exemplo, deu conta que o Fla  «acompanha a investida» do Benfica com atenção. «O clube admite que as conversas existem e vê Jorge Jesus balançado em voltar para a Europa», escreveu ainda o mesmo meio, avançando também os motivos que levam o treinador a deixar a porta entreaberta face ao aceno das águias para voltar a Lisboa: «A incerteza sobre o calendário seria um dos motivos que fazem o português questionar sua permanência no Brasil.»

 

O Flamengo joga amanhã a final da Taça Rio, contra o Fluminense. Vencendo, o Flamengo vence a Taça e ao mesmo tempo consagra-se campeão estadual. O carioca, de resto, é o único campeonato em andamento no Brasil. Depois de amanhã, o Flamengo prepara-se para um período de férias sem que existam certezas quando voltará depois a entrar em campo. O Brasileirão tem o início previsto para o início de agosto, mas as indicações de que poderá ser adiado são cada vez mais fortes devido à permanência da pandemia Covid-19. Por outro lado, também a Libertadores não tem data de regresso confirmada. E essa é a que mais incomoda Jorge Jesus: treinar-se sem certezas de quando serão os próximos compromissos. Além disso, o facto do Benfica acenar com o regresso à Luz para alguém que nunca escondeu o desejo de voltar a treinar em Portugal, não deixa de ser convite tentador.

 

O jornalista Benjamin Back, da Fox Sports Radio, avançou ontem que «acabando o carioca, Jorge Jesus volta para o Benfica», dando conta que o jogo de amanhã contra o Fluminense, poderia assim ser o último do treinador de 65 pelo Flamengo.

 

Na realidade, Jorge Jesus é o único que pode responder a essa questão e a última palavra será dele. Desde que todo este processo iniciou, há mais de duas semanas, Jesus não se pronunciou publicamente. Numa primeira fase rejeitou a oferta que Vieira lhe fez, sublinhando que não podia, pelos compromissos assumidos com direção e com o plantel, deixar o Flamengo. Até porque havia a perspetiva das competições no Brasil e na América do Sul regressarem à normalidade. O cenário, entretanto, modificou-se. Vieira não deixou cair o tema e sem um não convicto vindo do outro lado do Atlântico a esperança de ter Jesus de volta manteve-se bem viva.


abola.pt

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.