Rui se emociona e prevê dobro de mortes na Bahia em caso de reabertura

Rui se emociona e prevê dobro de mortes na Bahia em caso de reabertura

O governador da Bahia, Rui Costa, se emocionou nesta quinta-feira (2) durante a cerimônia simbólica de hasteamento da bandeira da Bahia. A emoção veio por conta da pressão para a reabertura das atividades comerciais e de serviços em meio à pandemia do novo coronavírus.


O gestor questionou o argumento dos empresários e projetou o dobro de mortes no estado em caso de uma reabertura sem obedecimento de critérios científicos.

 

"Há um limite aceitável para essas pessoas de número de mortes que podemos aceitar para abrir tudo de qualquer jeito, dizendo apenas que vão tomar cuidados. É aceitável 1.500 mortes por mês? É porque não tá aberto. Se abrir, vão ser 3.000 por mês? Vamos compartilhar essa decisão com a sociedade. Fica parecendo que aqui tem autoridades que decidem sozinhas. O que a sociedade baiana quer? Quer admitir 3.000 mortes por mês? Vai dobrar. Uma semana depois que a gente abrir, vai dobrar", disse.

 

"Ninguém pode dizer que não sabia o que ia acontecer. Nós sabemos o que vai acontecer. Espero que a gente possa refletir para tomar as decisões acertadas e que Deus nos abençoe", declarou.

 

Desde o começo da pandemia, a Bahia já registrou 76.485 casos confirmados da doença, com 1.902 óbitos. No momento, 50.924 já são considerados recuperados e 23.659 casos ativos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.