Portal Euclidense: Filha do cantor Belchior é presa após confessar assassinato de homem suspeito de pedofilia

INICIO

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Filha do cantor Belchior é presa após confessar assassinato de homem suspeito de pedofilia

Filha do artista afirma que foi vítima de tentativa de estupro e agiu em legítima defesa.
A filha do cantor Belchior, Isabela Menegheli Belchior, de 26 anos, e a namorada dela, Jaqueline Priscila Dornelas Chaves, 31, foram detidas pelo envolvimento no assassinato de um homem suspeito de pedofilia, na cidade de São Carlos, no interior de São Paulo. As duas se apresentaram à Polícia Civil na quinta-feira (13) e de acordo com o G1, Isabela confessou o crime e disse que agiu em legítima defesa. O caso ocorreu em 2019.

Segundo o delegado Gilberto de Aquino, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), a filha de Belchior disse que tinha sido vítima de uma tentativa de estupro. Ela, a namorada e outros dois homens teriam tentado armar uma emboscada contra o metalúrgico Leizer Buchiwieser dos Santos. A polícia acredita que Leizer marcava programas sexuais na internet e pediu a presença de crianças para que fossem estupradas.

Com essa informação, Jaqueline teria oferecido manter relações sexuais com o homem e levar a sobrinha de três anos em troca de R$ 500. A intenção do grupo, conforme a polícia, seria a de usar a criança como “isca” para extorquir o homem. No entanto, o encontro teria terminado em briga e o suspeito de pedofilia foi atingido com golpes de facas.
 
A vítima foi dada como desaparecida em 26 de agosto de 2019. Em 1º de setembro, o corpo dele foi localizado em uma área de mata, já o carro foi abandonado em um canavial após ser queimado.

As advogadas das mulheres afirmam que a criança não estava presente na cena do crime e negaram que o intuito do grupo seria o de extorquir o homem. Elas também garantem que não houve roubo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário