Portal Euclidense: Comando Vermelho em Salvador: “Se eu fosse vocês iria embora daqui”, diz criança à reportagem

INICIO

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Comando Vermelho em Salvador: “Se eu fosse vocês iria embora daqui”, diz criança à reportagem

“A gente dormiu e quando acordou já estava tudo aí”, comentou um idoso do Vale das Pedrinhas, sobre pichações com as siglas CV.
A notícia de que a facção criminosa carioca Comando Vermelho tomou conta do Nordeste de Amaralina após fechar uma aliança com o Comando da Paz deixou as autoridades de segurança pública preocupadas. 
De acordo com o jornal Correio, os traficantes cariocas chegaram no complexo do Nordeste de Amaralina há cerca de três meses. 

“A gente dormiu e quando acordou já estava tudo aí”, comentou um idoso do Vale das Pedrinhas, sobre pichações com as siglas CV (Comando Vermelho). 

“São coisas deles lá, mas ninguém sabe quem”, emendou outro, antes da turma dispersar. 

Um garoto de cerca de 10 anos que estava próximo da reportagem foi questionado se sabia o significado das letras “CV” acompanhadas de “Tudo 2” deixadas numa escadaria. 

“Eu não sei de nada e se eu fosse vocês iria embora daqui”, respondeu antes de dar as costas.
chações com as siglas CV. 
No Beco da Culta, as duas siglas, CV e CP, estavam em um muro defronte à Base Comunitária, há poucos metros da 40ª CIMP e também perto da Rua Pará.

O Correio falou com dois delegados, que sob anonimato relataram o temor com a chegada do Comando Vermelho em Salvador.

“Estou ciente, mas isso é um assunto espinhoso, ao qual não estamos autorizados a falar. No entanto, é inegável que isso é preocupante porque o CV é um grupo muito maior, armas mis potentes e age no Brasil todo e vai dar muito trabalho à polícia daqui”, disse o delegado.

Uma delegada teme que a Bahia seguia o exemplo de outros estados onde a presença do CV aumentou o conflito e consequente o número de mortes.

“É uma organização perigosíssima e forte, que tem muito dinheiro. Antes da aliança, a CP brigava para se manter em seus territórios. Já o CV vem brigando para se expandir ainda mais no país, com sua inteligência e poder bélico. Vimos recentemente a situação de estados do Nordeste e Norte em que as facções locais se aliaram ao CV. Houve um aumento absurdo de mortes por conquista de território, dentro e fora dos presídios”, declarou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário