Portal Euclidense: Mulher que chamou policial de “macaco” é servidora do Tribunal de Justiça da Bahia

INICIO

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Mulher que chamou policial de “macaco” é servidora do Tribunal de Justiça da Bahia

Idosa é lotada na comarca de Curaçá, no norte da Bahia
A idosa de 64 anos que foi detida por agredir a companheira e ainda protagonizou uma cena de racismo, chamando um policial negro de “macaco”, é servidora pública do Tribunal de Justiça da Bahia. A informação foi confirmada pelo órgão na segunda-feira (21).
De acordo com o TJ-BA, a mulher é lotada na comarca de Curaçá, cidade localizada no norte da Bahia.
Libânia Maria Dias Torres foi detida na noite de quarta-feira (16), mas sua imagem só viralizou na sexta-feira (18). Na filmagem, que rodou pelas redes sociais, a idosa, enquanto é conduzida para o fundo de uma viatura, grita com um policial negro e o chama de “macaco”. De acordo com testemunhas, ela chegou a dar um tapa no rosto do agente.
Ela e a companheira agredida foram levadas para a 11ª delegacia, no bairro de Tancredo Neves.
Já o policial prestou queixa na delegacia e a agressora, provavelmente, será ouvida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário