Portal Euclidense: Instituto italiano identifica indícios de Covid no país em setembro de 2019

INICIO

terça-feira, 17 de novembro de 2020

Instituto italiano identifica indícios de Covid no país em setembro de 2019

O Instituto Nacional do Câncer (INT) de Milão, na Itália, identificou indícios de que o novo coronavírus já circulava no país em setembro de 2019. Até o momento o que se sabe é que a China foi o primeiro país a identificar casos da doença, em 31 de dezembro de 2019. As descobertas foram publicadas pela revista científica "Tumori Journal" do INT.

A descoberta da entidade italiana pode significar que a Covid-19 pode ter se espalhado para fora da China antes do que se imaginava. As informações são da agência Reuters.

 

A reportagem destaca que para a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Sars-Cov-2 e a Covid-19 eram desconhecidos antes de o surto ser relatado pela primeira vez em Wuhan, na região central da China, em dezembro.

 

Antes dos resultados da pesquisa do INT, o que se sabia era que o primeiro caso da Covid-19 na Itália foi detectado em 21 de fevereiro em uma pequena cidade próxima a Milão, na região da Lombardia, no norte do país, ressalta a reportagem publica no G1.

 

No entanto, os indícios identificados pelo instituto italiano mostram que 11,6% dos 959 voluntários saudáveis ??inscritos em um teste de rastreamento de câncer de pulmão entre setembro de 2019 e março de 2020 desenvolveram anticorpos contra o coronavírus bem antes de fevereiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário