Portal Euclidense: Ciganos suspeitos de envolvimento na morte de policiais em SE são presos em Rio Real

INICIO

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Ciganos suspeitos de envolvimento na morte de policiais em SE são presos em Rio Real

Seis suspeitos de envolvimento nas mortes de dois policiais civis, na cidade de Umbaúba, estado de Sergipe, foram presos na tarde desta quinta-feira, 17. Eles passavam pela BR-101, no município de Rio Real, no nordeste baiano, distante 158 km de Serrinha, quando foram abordados por equipes da Polícia Civil e Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE) Litoral Norte.

No deslocamento para a Delegacia Territorial (DT) de Rio Real, as equipes foram informadas que o Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) da 6ª CIPM havia detido mais um cigano. O sétimo suspeito estaria em um carro modelo Uno, com manchas de sangue na parte interna.


De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o primeiro grupo encontrado, composto de quatro homens e duas mulheres, confessou que estava em Umbaúba, pela manhã, e que fugiu, após os disparos de armas de fogo. Os homens foram revistados e nenhum material foi encontrado.


As equipes solicitaram que uma policial feminina fizesse uma vistoria nas mulheres e, com uma delas, foram encontrados um revólver calibre 38 e munições. Todos foram apresentados na Delegacia Territorial (DT) de Rio Real e a Polícia Civil de Sergipe foi informada.

Marcos Luís Morais e Fábio Alessandro Pereira Lopes, ambos de 47 anos, foram mortos a tiros na manhã desta quinta-feira (17), no Povoado Barrinha, município de Umbaúba. Segundo o delegado-geral da Polícia Civil, Tiago Leandro, os agentes trabalhavam em unidades do interior do estado, e estavam de serviço investigando uma ocorrência de furto no povoado.


A dinâmica e as circunstâncias dos crimes estão sendo apuradas pelas equipes policiais que fazem diligências na região. O delegado explicou que estão em andamento diligências para localizar os autores dos crimes contra os agentes da segurança pública.

“Temos o fato de que três indivíduos do sexo masculino, com as qualidades de serem ciganos, foram detidos na BR-101, já no estado da Bahia. Existe a dúvida se eles estão envolvidos no crime. Isso só poderemos afirmar após a realização de exames residuográficos e também com provas testemunhais no local do crime”, detalhou. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário