Portal Euclidense: Exames para Covid-19: você sabe a diferença da sorologia para RT- PCR?

INICIO

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Exames para Covid-19: você sabe a diferença da sorologia para RT- PCR?

Desde o começo da pandemia as pessoas têm convivido com a informação de casos suspeitos de pessoas que estão aguardando resultado laboratorial e também através de teste rápido para Covid-19, e certamente muita gente não sabe a função de cada exame.

RT-PCR – O RT-PCR utiliza técnicas de biologia molecular para detectar se o vírus SARS-CoV-2 está presente no corpo.  É o exame considerado “padrão-ouro” para diagnóstico e é indicado para quem está com sintomas da COVID-19.

Coleta do material para exame RT-PCR

O PCR serve para detectar a presença do vírus no organismo do paciente. Analisando o material coletado do nariz e da garganta do paciente, o exame consegue identificar a presença do RNA do vírus.

Sorologia da Covid – A sorologia é o exame capaz de detectar os níveis de anticorpos IgM e IgG ou IgA e IgG no sangue. Ou seja, o resultado do teste diz se a pessoa já teve contato com o vírus SARS-CoV-2 e o sistema imunológico produziu os anticorpos contra a doença. Como o organismo só começa a produzir anticorpos depois que a infecção está instalada, o exame é recomendado a partir do 10º dia de início dos sintomas. Importante: um resultado negativo não exclui a possibilidade da presença da doença e nesse caso o médico que assiste ao paciente pode solicitar exames complementares.

O exame de Sorologia é realizado por meio da coleta de sangue venoso do paciente, similar a outros exames laboratoriais de sangue. O material coletado é inserido em um tubo esterilizado antes de ser levado para análise. Na análise é feita uma reação imunológica por metodologias de processamento das amostras conhecidas como ELISA ou Quimioluminescência, que detecta e quantifica os anticorpos produzidos pelo organismo.

Teste rápido

O teste rápido para covid-19 consiste num cassete de plástico (similar àqueles de testes de gravidez encontrados em farmácias) com um pequeno poço onde se coloca algumas gotas de sangue da pessoa a ser testada. O sangue passa, então, por uma fita absorvente que o leva até a área onde está o reagente.

reagente é uma substância que, quando entra em contato com os anticorpos muda de cor, indicando a presença deles  na amostra avaliada. Caso a pessoa tenha produzido anticorpos para o novo coronavírus, duas faixas coloridas aparecerão no mostrador e o resultado é positivo. Caso o sangue não apresente anticorpos, aparece apenas uma faixa e o resultado é negativo. Se o mostrador continuar branco, o teste deu errado e deve ser refeito.

Calilanoticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário