Portal Euclidense: Cruzeiro, o maior vencedor de Minas completa 100 anos

INICIO

domingo, 3 de janeiro de 2021

Cruzeiro, o maior vencedor de Minas completa 100 anos

Falar sobre a história do Cruzeiro é muito fácil. Clube vencedor, com nove milhões de torcedores, um currículo invejável

O Cruzeiro é um orgulho para a China Azul e para os amantes do futebol. Campeoníssimo, e quando falo isso cito os principais títulos da história desse clube: duas Libertadores, quatro Brasileiros e seis Copas do Brasil. Poucos clubes no país conseguiram tal façanha. É bem verdade que o momento é outro. Arrasaram o clube, o deixaram na lona, como um pugilista que leva um knock down, mas que jamais será nocauteado.

São 100 anos de uma bela história, escrita por Piazza, Nelinho, Dirceu Lopes, Evaldo, Natal, Joãozinho, Raul, Fábio, Marcelo Ramos, Alex, Edu Dracena, Marcelo Moreno, Sorín e tantos grandes jogadores que vestiram o manto azul. Quem quiser ver troféu é só dar um pulinho na sede do Barro Preto, que a galeria está lotada. Falta espaço para tanta taça.

O Cruzeiro está na Segunda Divisão e vai permanecer neste ano, que é do seu centenário. Triste, vergonhoso e decepcionante para sua gigantesca torcida, mas uma realidade que tem de ser encarada. Isso não diminui a grandeza do clube. Ao contrário: ele não deixará de ser vencedor, gigante, respeitado nos quatro cantos do mundo. É só uma fase, um momento conturbado.


Na Itália, apenas a Internazionale de Milão jamais caiu. A poderosa Juventus, eneacampeã, caiu e nem por isso se tornou pequena. É um dos maiores clubes do mundo. E o Cruzeiro vai manter seu patamar de glórias, conquistas e história. Claro que precisa voltar aos seus melhores dias o mais rapidamente possível, mas quando um clube é assaltado em suas finanças, a recuperação é lenta. Ainda mais num ano de pandemia de COVID-19, que dizimou quase 200 mil vidas no Brasil, arrasou a economia e os clubes, como integrantes da sociedade, também tiveram problemas.

Falar sobre a história do Cruzeiro é muito fácil. Clube vencedor, com nove milhões de torcedores, um currículo invejável. Com certeza, há times no Brasil que gostariam de ter essa história, mesmo estando, momentaneamente na Segundona.

Gostaria de estar escrevendo sobre mais um título, mais uma taça para a galeria de troféus do Cruzeiro. Porém, o momento é outro. É preciso ter gente que entenda e conheça futebol na diretoria. Dos grandes que caíram, somente Fluminense e Cruzeiro não voltaram no ano seguinte, e isso é um complicador. O planejamento para este ano já deveria ter começado em dezembro.


O Cruzeiro precisa voltar às suas origens, na elite do nosso futebol, como protagonista que sempre foi. “Existe um grande clube na cidade”, que mora no coração de nove milhões de apaixonados azuis. Portanto, gigante Cruzeiro, você é um dos orgulhos das Gerais, “tão combatido, jamais vencido”.

Vida longa ao Cruzeiro. Parabéns pelos 100 anos de história, de glórias, de conquistas. Você está maltratado temporariamente. Logo, voltará aos melhores dias. Dias de lutas, dias de glórias. Parabéns China Azul, você é o maior patrimônio do Cruzeiro Esporte Clube! Ano que vem, nos 101 anos, espero estar escrevendo uma história conhecida, de títulos, taças e conquistas. Parabéns, Gigante Azul. Você é imortal! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário