Portal Euclidense: Flamengo volta a depender só de si para ser bicampeão brasileiro

INICIO

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Flamengo volta a depender só de si para ser bicampeão brasileiro

Combinação de resultados da rodada faz o rubro-negro poder decidir contra o Internacional, na penúltima rodada, no Maracanã

O Flamengo foi melhor do que o Palmeiras durante todo o primeiro tempo e, quando foi inferior, em parte da segunda etapa, sustentou-se sem sofrer pressão. O time de Abel Ferreira não chutou nem sequer uma bola no alvo de Hugo Souza. A superioridade flagrante marcou a primeira vitória do rubro-negro sobre algum dos rivais do grupo dos seis clubes que iniciaram a rodada pensando no título. E o resumo da rodada faz o Flamengo voltar a depender só de si para ser campeão. Se ganhar suas oito partidas restantes, o que inclui o confronto contra o Internacional, no Maracanã, na penúltima rodada, será campeão brasileiro.

O Flamengo começou com mais posse de bola e muita paciência para circular a bola pelo campo ofensivo. Apesar disso, numa bola invertida por Danilo, Viña cruzou e Willian quase marcou. Lembrou o início dos 3 x 0 de 2019, no Maracanã.

O Flamengo demorou para finalizar no alvo, mas fez 1 x 0 num vacilo de Danilo, que perdeu a bola na intermediária, por mérito da roubada de Gabriel. No final da jogada, Wéverton salvou parcialmente e, quando Kuscevic ia mandar a bola para a frente, jogou-a nas pernas de Luan. A rebaitda virou gol contra.

A roubada de bola de Gabriel contra Danilo foi um dos seis desarmes do Flamengo no ataque. O time mudou postura. Avançou. Depois, no segundo tempo, recuou e quis um pouco mais o contra-golpe. Mas contou com a necessidade de descanso do Palmeiras, que retirou Luiz Adriano, Viña e Raphael Veiga no segundo tempo.

Especialmente a entrada de Scarpa no lugar de Viña comprometeu a qualidade. Foi de Scarpa o passe errado que permitiu a Gérson a finalização, que Wéverton mandou para escanteio. Na cobrança, Pepê finalizou. O árbitro de vídeo checou se havia impedimento, mas era de novo Scarpa quem dava condição. O meia, acusado no passado de desanimar com facilidade, parece triste por ter perdido da disputa por um lugar na lateral, no meio-de-campo e na ponta esquerda.

O Flamengo passou pelo segundo jogo seguido sem sofrer gols e está de volta à disputa. Em terceiro lugar no campeonato, mas sabendo que, se vencer todos os rivais, será bicampeão brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário