Portal Euclidense: No 'Jornal Nacional', William Bonner rebate fala de Jair Bolsonaro e gera comoção nas redes sociais

INICIO

quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

No 'Jornal Nacional', William Bonner rebate fala de Jair Bolsonaro e gera comoção nas redes sociais

Ao vivo, jornalista quebrou o protocolo e rebateu afirmações do presidente com classe; veja

O jornalista William Bonner comentou ao vivo no Jornal Nacional desta terça-feira (5) a declaração recente do presidente Jair Bolsonaro que afirmou em uma conversa com eleitores que o país está "quebrado".

Com firmeza, ele criticou a postura do presidente com classe e se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.

"O presidente Jair Bolsonaro disse hoje que o Brasil está quebrado. De manhã, ao sair do Palácio do Alvorada, Bolsonaro conversou com apoiadores", iniciou ele que então rebateu a afirmação do político que disse que o vírus é "ampliado pela mídia".

"Os números oficiais das secretarias de saúde mostram que o vírus a que se refere o presidente está se espalhando pelo Brasil a taxas maiores desde dezembro. Esse vírus já infectou quase 8 milhões de pessoas e levou luto às famílias de mais de 197 mil cidadãos brasileiros", afirmou.

Só nesta terça, o Brasil registrou 1186 novas mortes.

SE DESCULPOU

Elba Ramalho usou seu perfil nas redes sociais nesta terça-feira (05) para fazer um pedido de desculpa por sua declaração polêmica em um vídeo que viralizou no Twitter. Na gravação, a cantora diz acreditar em uma teoria da conspiração em que a pandemia do coronavírus foi criada pelos comunistas para destruir os cristãos. Acontece que o registro não pegou bem e ela foi inundada por críticas. Após a repercussão negativa, ela se pronunciou.

“Realmente não entenderam minhas palavras, talvez eu não tenha me expressado bem! Existia um contexto de cunho espiritual que não foi compreendido. Não afirmei que o vírus está no mundo para matar somente cristão! Entenderam mal, me desculpem!”, iniciou ela nos stories do Instagram. 

Veja o vídeo: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário