Portal Euclidense: Bahia com muitos desfalques consegue empate no Mineirão com Atlético

INICIO

domingo, 14 de fevereiro de 2021

Bahia com muitos desfalques consegue empate no Mineirão com Atlético

Tricolor esteve mais ligado, levou o gol e teve tranquilidade de buscar o empate

O Bahia tido como o pior visitante do Campeonato Brasileiro e lutando contra o rebaixamento entrou em campo na noite deste sábado, 13, para enfrentar o Atlético Mineiro, no Mineirão, em busca de um resultado positivo para manter a esperança de continuar na elite da competição, e diante dos últimos resultados que fez na Arena Fonte Nova quando disputou seis pontos e ganhou apenas um, tendo entrado com o time bastante desfalcado, inclusive do artilheiro Gilberto, o mais otimista torcedor jamais poderia imaginar que ao final do jogo o Tricolor conseguisse um ponto do Galo que ainda sonha com o título.

O pior visitante da competição conseguiu arrancar pontos do melhor mandante.

O jogo

Primeiro tempo – O time de Dado Cavalcante entrou em campo diferente e teve a ousadia de partir pra cima e no primeiro ataque Rossi desperdiçou ‘um gol feito’. Bola cruzada, ele pegou na entrada da pequena área de cara a cara com Éverson mandou pra fora depois da bola ainda resvalar na trave. Se a justiça imperasse no futebol, o Bahia teria saído para o intervalo, no mínimo, com o empate. Foi melhor do que o Atlético na etapa inicial, criando ao menos quatro oportunidades claras de gol. Chegou a acertar a trave, ter lance cara a cara com Éverson. Mas foi o Galo que teve eficiência ofensiva. Em cruzamento de Guilherme Arana na medida, Eduardo Sasha subiu sozinho e abriu o placar para o time da casa. Foi, basicamente, a única chegada com perigo do Atlético.

Segundo tempo – O espaço na defesa do Galo estava nítido. E o Bahia voltou com a faca nos dentes na etapa final. Com um minuto de jogo, o Atlético se viu desprotegido do lado esquerdo e o velocista Rossi venceu Junior Alonso na corrida, penetrou na área e chutou com perfeição, no ângulo, empatando em 1 a 1. Os mineiros dominavam a posse de bola e ações, mas a marcação baiana estava afiada, dando poucas chances ao azar. O Bahia tinha poucos contra-ataques, mas assustou novamente com Elton, em tirambaço na trave do Galo.

Agenda

Na próxima rodada, que será disputada no fim de semana que vem, o Bahia visita o Fortaleza na Arena Castelão no sábado (20), às 21h (de Brasília). Já o Atlético entra em campo também fora de casa, no domingo, para encarar o Sport Recife na Ilha do Retiro, às 16h.

CN | GE


Nenhum comentário:

Postar um comentário