Portal Euclidense: Luto: Da composição de sucessos do Tchan ao teatro, relembre a trajetória de Renato Fechine

INICIO

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Luto: Da composição de sucessos do Tchan ao teatro, relembre a trajetória de Renato Fechine

Morreu na manhã desta segunda-feira (8) o cantor e humorista Renato Fechine. De acordo com informações obtidas pelo BNewsele faleceu na casa onde morava em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador. Ainda não há informações sobre a causa da morte. 

Paraibano de Campina Grande e radicado em Salvador desde 1981, Fechine iniciou a carreira aos 12 anos tocando guitarra. Além de cantar e interpretar, ele também atuou como compositor, arranjador, instrumentista, produtor musical e radialista. Como guitarrista, acompanhou vários artistas como Luiz Caldas, Margarete Menezes, Sara Jane e Ricardo Chaves. 

Além disso, é autor de vários sucessos de artistas consagrados como Banda Eva, Asa de Águia, É o Tchan, Terra Samba, dentre outros. No Tchan, compôs clássicos como A Nova Loira do Tchan, Lamba Tchan, Rasta Chinelo e Tempero do Amor e Cordinha.

A música gravada por ele que teve maior repercussão foi Bebe Negão, do álbum Folia e Fuleragem (2003).


Além das composições para o Tchan, Fechine escreveu também para o Asa de Águia - Prometo te Esperar (1996) e Da Cama Pro Computador (1997) - e fez Coração de Timbaleiro (1998) para a Eva, quando a banda ainda era liderado por Ivete Sangalo. 

No teatro, encenou peças como Cafajestes e Só Acontece Comigo e criou os personagens Embaixador da Paz, Paulo e a travesti Syrlei. 

Assista:

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário