Portal Euclidense: Justiça determina quebra do sigilo bancário do apóstolo Valdemiro Santiago

INICIO

03/03/2021

Justiça determina quebra do sigilo bancário do apóstolo Valdemiro Santiago

Decisão visa descobrir se o patrimônio da igreja e o patrimônio do apóstolo confundem-se

O apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, teve a quebra de sigilo bancário no período entre de 28 de agosto de 2018 a 26 de janeiro de 2021, determinada pela Justiça de São Paulo.

A decisão da juíza Monica Di Stasi, da 3ª Vara Cível de São Paulo, atende ao pedido do proprietário de um imóvel em São Paulo que cobra cerca de R$ 22 mil em aluguéis não pagos pela igreja.

A quebra de sigilo bancário visa descobrir se o patrimônio da igreja e o patrimônio do apóstolo confundem-se.

O presidente em exercício da igreja na época da abertura do processo, Mateus Machado de Oliveira, também teve o sigilo bancário quebrado.

O proprietário do imóvel afirma que Valdemiro leva vida luxuosa enquanto responde a mais de mil processos por dívidas não pagas. Ele sugere ainda que há conexão e responsabilidade direta ou “evidente tentativa de fraude e blindagem de patrimônio” de Valdemiro, que tenta se livrar das responsabilidades jurídicas da igreja que fundou.

“Corrobora a essa temática o conhecido abastamento de bens ostentados pelo ‘apóstolo’. Por outro lado, quando se procede a uma simples consulta de CNPJ, questiona-se como pode o ‘representante mor’ da organização viver de forma nababesca, acumulando patrimônios, ao mesmo tempo em que ‘sua organização’ apresenta exponencial crescimento em número de igreja simultâneo a um ‘score’ de baixíssima credibilidade (98% de possibilidade de inadimplência)”, pontuou o advogado do dono do imóvel.

Já a defesa do apóstolo afirmou que não há qualquer ligação entre os patrimônios de Valdemiro e o da igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário