Portal Euclidense: Morre advogado Agnaldo Júnior em consequência da Covid-19

INICIO

12/04/2021

Morre advogado Agnaldo Júnior em consequência da Covid-19

Júnior era filho do saudoso Agnaldo (Guina) fundador da Industria Sisal Gomes

O novo Coronavírus fez mais uma vítima coiteense. Morreu na noite deste domingo, 11, no Hospital Aliança. em Salvador, o advogado Agnaldo Ramos Gomes júnior aos 43 anos.

O Calila Notícias apurou que Júnior testou positivo no início de março, deu entrada no Aliança dia 11, e 4 dias depois teve seu quadro de saúde agravado, foi transferido para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) onde foi intubado e lutando pela vida, nesse período correntes de oração foram realizadas, inclusive com todos funcionários da Sisal Gomes. Antes, na quinta-feira, 8, exatamente um mês depois de ter dado entrada no Aliança, seu quadro de saúde ficou ainda mais critico e por volta das 19h25 foi atestada a falência múltiplas dos órgãos. Foi a 37ª morte por covid-19 de coiteense desde o começo da pandemia.


Agnaldo Júnior começou a carreira na advocacia em 2008 e no inicio atuou como colunista do Calila Noticias com informações de interesse do público.

Irmão gêmeo também passou pela UTI meses antes

Júnior viveu o drama das consequências da Covid-19 no fim do ano passado quando seu irmão gêmeo Fábio Gomes testou positivo, precisou ser internado e superou a doença.

Um amigo disse ao CN que Júnior não escondia o medo de contrair a doença, principalmente depois de ter acompanhado o irmão.

Agnaldo Júnior deixa esposa e dois filhos (casal).

Nas redes sociais o juiz de Coité, Dr Gerivaldo Neiva, colegas de trabalho e o prefeito de Coité divulgaram nota de pesar

O vírus chinês provocou a morte também de um advogado de 29 anos de Senhor do Bonfim na última sexta-feira e na manhã deste domingo, 11, o procurador jurídico da Prefeitura de Jacobina

Nenhum comentário:

Postar um comentário