Portal Euclidense: Mudanças do PIX já estão valendo. Saiba as novidades

INICIO

03/04/2021

Mudanças do PIX já estão valendo. Saiba as novidades

Algumas mudanças passaram a valer a partir desta última quinta-feira (1) para o uso do PIX, a forma de pagamentos que tem ganhado cada vez mais adeptos ao longo do tempo no Brasil, através de pagamentos instantâneos e custos de transação zerados para pessoas físicas.

A partir das mudanças que foram estabelecidas, os usuários que utilizam o PIX poderão sincronizar sua lista de contatos do celular com a ferramenta de pagamento. Esse tipo de atualização pode ser feita tanto através de chaves de celular quanto nas que utilizam um endereço de e-mail.

Com a mudança, busca-se o objetivo de facilitar a identificação entre os usuários, para que assim, as transferências sejam feitas de forma mais segura na hora de escolher quem receberá o pagamento através do PIX.

O chefe da subunidade responsável pela gestão PIX no Banco Central aponta que essa mudança “evita erros de digitação e dá agilidade ao pagamento, já que é possível verificar se uma determinada chave PIX já está registrada”.

Como acontece a sincronização dos contatos com o PIX?

Essa sincronização com a sua lista de contatos se dá da seguinte forma: O Banco Central receberá de sua instituição bancária em que você utiliza o PIX a sua lista de contatos com o número de celular e e-mail registrados.

Após isso, o próprio Banco Central fará uma análise a respeito dos dados recebidos para separar qual se trata de uma chave PIX ou não. Vale ressaltar ser preciso fazer a atualização do seu aplicativo de banco ou qualquer outra instituição financeira que utiliza pelo celular para conseguir ter acesso.

O banco ou instituição financeira também deve estar na lista de participantes dessa nova atualização, que não é obrigatória de ser adotada pelo cliente, ficando a critério deste, embora seja recomendada pelo Banco Central para uma melhor experiência no uso da ferramenta.

Após cadastrar a chave PIX, o usuário só terá sua lista de contatos compartilhada com o Banco Central através do fornecedor de serviços se o usuário da chave autorizar que isso seja feito a partir de um termo de consentimento.

Mudança nos dados cadastrados

Mas as mudanças do PIX não param por aí. Uma nova possibilidade no uso do PIX a partir deste mês de abril é que os usuários poderão alterar, caso precisem, algumas informações da chave PIX sem que esta seja excluída para ser colocada novamente. Entre as informações que poderão ser alteradas estão:

  • Nome completo;

  • Nome empresarial;

  • Nome do esclarecimento.

Esta novidade poderá facilitar o dia-a-dia do uso do PIX através da simplicidade de mudanças que sejam essenciais, como na possibilidade de mudar o nome de sua empresa que está registrada, por exemplo, ou ainda alteração de nome em casamentos.

Além disso, com essa nova possibilidade de alteração, o usuário pode solicitar que a sua chave PIX seja vinculada ao seu nome, o que pode aumentar a segurança quanto às transferências e pagamentos que forem realizados.

Importante dizer para que não existam equívocos, que na hora de enviar seus pagamentos e transferências para outro usuário, é recomendado conferir todas as informações, para que assim, você não tenha problemas de enviar recursos para alguém por engano.

As mudanças vêm para facilitar o uso da ferramenta e ajudar a impedir esses erros, mas é essencial que o usuário possa estar atento a esses detalhes. De qualquer forma, o usuário ainda terá a possibilidade de pedir para sua instituição bancária ou financeira excluir essas informações que forem vinculadas, caso queira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário