Portal Euclidense: Investigadores localizam mais de 3.700 ossos na casa de açougueiro que seria assassino em série e canibal

INICIO

14/06/2021

Investigadores localizam mais de 3.700 ossos na casa de açougueiro que seria assassino em série e canibal

Mais de 3700 ossos e fragmentos de ossos foram encontrados sob a casa de um açougueiro nos arredores da Cidade do México. A descoberta, revelada no sábado (12), foi feita por investigadores enquanto desenterravam os restos mortais de pelo menos 17 vítimas de um assassino em série e canibal.

O número imenso de fragmentos de ossos encontrados – o corpo humano tem 206 ossos - sob o piso de concreto da casa indica que os corpos foram cortados em pedaços minúsculos, segundo os promotores citados pelo “Sun”. Por razões legais, o suspeito foi identificado apenas como Andrés. 

De acordo com o Extra, o açougueiro aposentado tem 72 anos, teria comido partes de diversas vítimas e contou a um tribunal que arrancou a pele do rosto de uma delas porque a achava "muito bonita". Ele foi ouvido em uma audiência de quatro horas no México, quando foi oficialmente acusado de assassinar a esposa de um policial.

O trabalho de escavação, iniciado em meados de maio, ainda não terminou e os promotores mexicanos acreditam que é possível encontrar ainda mais evidências. Outra descoberta foi que documentos de identidade e outros pertences de pessoas que desapareceram anos atrás foram localizados na casa cheia de lixo, o que indica que os assassinatos podem ter começado há muitos anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário